TSE decide seguir com investigação sobre campanha de Dilma e Temer

Cinco ministros votaram a favor da ação movida pelo PSDB, que questiona as contas aprovadas pelo próprio Tribunal

Por bferreira

Brasília  - Em decisão inédita, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) vai reabrir uma ação contra a campanha da presidente Dilma Rousseff movida pelo PSDB e a coligação que apoiou a candidatura de Aécio Neves nas eleições de 2014. Dilma e Temer terão que apresentar defesa ao Tribunal.

Cinco dos sete ministros votaram pela continuidade do processo. Eles argumentaram que o avanço da Operação Lava Jato trouxe outras evidências contra a campanha da presidenta.

Os ministros julgaram um recurso do PSDB contra a decisão da ministra relatora do caso, Maria Thereza de Assis Moura, que havia decidido em fevereiro pelo arquivamento dessa ação. Ela considerou que a coligação de Aécio Neves não apresentou provas suficientes contra a campanha de Dilma.

Com informações do iG

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia