Coluna do Servidor: Militares nas ruas

Mulheres de militares se juntam a protestos contra a corrupção

Por O Dia

Rio - Impulsionados pelas manifestações que começaram há duas semanas por várias capitais do país, entidades representativas dos militares dão o recado que começa a ganhar força. “Estamos junto com o povo e continuaremos na luta até que nosso recado seja atendido”, afirmou à coluna a presidente da União Nacional de Esposas de Militares das Forças Armadas (Unemfa), Ivone Luzardo.

Presente nas manifestações de Brasília desde o primeiro ato contra o aumento das tarifas do transporte público, a presidente da Unemfa destaca que as manifestações ganharam outro patamar e não representam apenas desejos individuais. “Este é um momento único e vamos nos juntar aos manifestantes na luta por um país que trilhe os caminhos da ética e da justiça. Não podemos defender um governo corrupto”, destaca.

FAMÍLIA MILITAR NA RUA

“A população está clamando pelo fim dos desmandos com o dinheiro público que geram problemas na educação, saúde e segurança pública”, diz Ivone Luzardo.

POPULAÇÃO INDIGNADA

A proposta da Unemfa é atrair cada vez mais os militares para a rua, em resposta à possibilidade de o governo enviar as Forças Armadas para combater os militantes.

MILITARES NA INTERNET

Nas redes sociais, crescem os comentários de militares em apoio às manifestações. Os assuntos mais comuns são a PEC-37 e a reforma política para o fim da corrupção no país.

CLUBES MILITARES

A Comissão de Interclubes Militares, em nota oficial postada na internet, declarou apoio às manifestações, além de ressaltar que a população está indignada com o descaso.

Últimas de _legado_Economia