Sucesso na carreira: Mudança de emprego

Seu gestor deve ser o primeiro a saber sobre a troca de emprego e só depois você pode falar com outras pessoas

Por bferreira

Rio - Se uma pessoa vai mudar de emprego, a situação ideal é aquela na qual ela tem uma relação de confiança e transparência com a empresa e pode informá-la da intenção de sair, para que a companhia tenha tempo hábil para providenciar outra pessoa para substituí-la. Porém, essa só vai ser uma opção boa se houver segurança de que não irão ocorrer represálias por parte do empregador. Veja como agir nesta situação.

Por Janaina Ferreira

PERGUNTA E RESPOSTA

“Vou sair do meu atual emprego em breve, mas ainda não avisei à empresa em que trabalho. Tenho receio de pedir demissão agora e acontecer algum imprevisto durante essa mudança. Estou errado em não comunicar à empresa sobre minha saída?”

Danielle, Méier

Olá, Danielle! A opção mais justa seria dizer a verdade. No entanto, você precisa avaliar se não corre o risco de a empresa antecipar sua demissão, o que poderia desestabilizar sua vida. Como nem sempre a relação de confiança e consideração entre a companhia e o empregado é uma realidade, pode ser preciso adiar a comunicação à empresa por algum tempo e, nesse caso, será necessário ter habilidade no momento da conversa.

Seu gestor deve ser o primeiro a saber e só depois você pode falar com outras pessoas mais próximas. É importante ter o mesmo discurso para a chefia e demais colegas. Isso evitará o “disse me disse” quando você já estiver longe.

Agende uma reunião somente com seu superior e nessa oportunidade informe o motivo real da mudança, seja por uma oportunidade profissional ou por razões pessoais, sem entrar em detalhes. Ninguém precisa dar detalhes para a empresa de sua vida pessoal ou mesmo a carreira.

Apresente uma lista com todas as suas tarefas finalizadas e pendências, e se ofereça para treinar seu substituto, indicado pelo seu chefe, por até uma semana. Para encerrar, agradeça por todo o aprendizado e convívio com os colegas e reconheça a contribuição desse período para seu crescimento profissional.

Essa orientação, independe da reação do seu gestor ser positiva ou negativa, vale para você e para os leitores que venham a passar por situações semelhantes. Boa sorte no novo desafio!

Janaina Ferreira é professora do Ibmec-RJ. Amanhã, Sucesso nas Finanças

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia