Guia na Internet reúne serviços de empresas que ainda não têm site

Ferramenta é um dos destaques da Feira do Empreendedor

Por O Dia

Sigaki%3A 'Queremos chegar a 200 franquias em 2015%2C sendo o principal player de franquia online'Divulgação

Rio - Os serviços do lava-jato Renov estão ficando mais conhecidos na Internet, 'lugar' que há até alguns dias o proprietário Geraldo Rocha não pensava em estar. Ele e muitos outros  empreendedores que não têm sites conseguiram a oportunidade de oferecer serviços em suas cidades através de um guia online, ferramenta que é uma das novidades que estarão expostas na Feira do Empreendedor, que inicia nesta quinta-feira e vai até domingo, no Centro de Convenções Sulamérica, na Cidade Nova, Centro da cidade.

"É cedo para ver um resultado grande, mas o pessoal já tá comentando que encontrou o lava-jato na Internet e indicando pra outros", disse Geraldo, cujo empreendimento está há menos de 60 dias no Guia Colaborativo do Elefante Verde, empresa que iniciou as operações em 2011 com um modelo de negócio em que agrega ofertas, vendas de ingressos e guia de cidade. Em 2012, passou a adotar o modelo de franquia e inaugurou, em junho do ano passado, sua primeira unidade, em Minas Gerais.

Negócio em expansão

O fundador do Elefante Verde, Caio Sigaki, explica que atua ao lado do pequeno empresário (com informações, fotos, vídeos e mapas), que tem pouco tempo para divulgar o seu negócio e gerenciar os diversos canais existentes na internet, e também ao lado do consumidor, atuando como um facilitador na busca de informações de empresas de determinadas regiões. De acordo com Sigaki, o objetivo é estar presente em cada cidade através de franquias.

"Ele é um guia com descontos e opniões. O consumidor avalia a empresa, servindo de parâmetro para outros clientes", disse. "Estamos com 26 franquias e queremos chegar a 200 em 2015, sendo o principal player de franquia online", completou o empresário, que foi franqueado durante cinco anos e que agora usa seus conhecimentos para expandir o próprio negócio.

A Feira

A Feira do Empreendedor oferecerá gratuitamente aos microempreendedores individuais, proprietários de micro e pequenas empresas e aos potenciais empreendedores não só o que o Sebrae-RJ já oferece, mas também irá além, com consultorias, oficinas, palestras, informações em geral sobre formalização e gestão, dicas para inserção no mundo digital e apresentação de inovações e de lojas conceito.

Os visitantes também encontrarão no local diversas oportunidades de negócios em cerca de 100 estandes distribuídos por 12 mil metros quadrados, nos quais haverá vendas de máquinas e equipamentos, consultoria sobre franquias e opções de serviços e comércio. A feira terá como foco principalmente produtos e serviços demandados pela nova classe C – uma das que mais crescem no país. A expectativa é que cerca de 30 mil pessoas passem pelo local nos quatro dias de evento.

"Decidimos trazer o evento de volta ao Rio depois de 10 anos, porque a cidade vive um momento muito especial. É o foco das atenções do país e do mundo, e passa por uma retomada econômica, com a realização de grandes investimentos. O Rio hoje oferece boas oportunidades não só para as empresas já existentes, como também para novos negócios, e não podíamos deixar de promover a Feira, que incentiva o empreendedorismo e dá suporte e ferramentas aos empresários que querem crescer", explica Cezar Vasquez, diretor-superintendente do Sebrae/RJ.

Últimas de _legado_Economia