Carnaval é tempo de estudar

Especialistas em concursos orientam a esquecer a folia e recomendam aproveitar o tempo vago

Por adriano.araujo , adriano.araujo

Armandina diz que vai usar o feriado para resolver provas anterioresDivulgação

Rio - Períodos de festas de fim de ano e feriados prolongados, como o Carnaval, são para muitos estudantes um dilema. Participar da folia ou não deixar os livros de lado? Especialistas em concursos públicos aconselham a continuar a estudar. Ainda mais para aqueles que almejam passar nas provas da Comissão Nacional de Energia Nuclear (Cnen), com 86 chances, e o da Petrobras, com 1.232 oportunidades. As empresas lançaram editais semana passada e têm seleções marcadas para abril e maio, respectivamente.

No caso de alunos que não trabalham, o diretor do site Titans dos Concursos, Carlos Henrique Freitas, diz que o planejamento de estudos não muda em nada. Já para quem está empregado, Freitas avalia que o feriado deve ser encarado como um tempo precioso. “Deve ser visto como uma oportunidade de ganho em conhecimento. Um salto para a conquista da vaga. Poderão estudar duas ou até três vezes a mais do que em dias normais”, aconselha o especialista.

Freitas orienta, inclusive, que seria bom o candidato se isolar. Para ele, família no feriado é sempre fonte de distrações. Ele lembra que teve um aluno que sempre ia para Salvador (BA) no Carnaval com amigos. E, que quando começou a estudar para concurso, teve que abdicar de tal prazer.

“Ele contou que chegou a levar os amigos até a rodoviária para se despedir deles e retornou a casa para começar os estudos. Disse-me depois que estava convicto que tal ação traria frutos no futuro”, relata o especialista, contando ainda que, menos de um ano depois, seu aluno alcançava a tão sonhada vaga. “Recebi ligação dele dizendo que havia tomado a decisão correta”, relembra.

Adriano Vieira, professor do curso Universo do Concurso Público, recomenda fazer uma programação de estudos. Ele diz que isso é fundamental para o candidato que deseja passar nas provas. “É indispensável que se tenha um esquema de estudo, uma rotina com disciplinas a serem verificadas. Com isso, sabe-se que, mais adiante, nada ficou sem ser visto”, explica Vieira.

A secretária Armandina Almeida, 55 anos, aluna do Universo do Concurso, estuda para o certame do Ministério da Fazenda e diz que não vai parar durante a festa de Momo.
“Ainda mais na minha idade. Tenho mais é que aproveitar para estudar enquanto os novinhos caem na folia. Tenho muita matéria para organizar e vou aproveitar para resolver questões. Vou cair na folia é com os meus livros e apostilas”, diz.

Mais 86 vagas em concurso

?Divulgado na última sexta-feira, o edital para o concurso da Comissão Nacional de Energia Nuclear (Cnen) abriu 86 vagas de Níveis Médio ou Médio/Técnico e Superior. O estado com mais oportunidades é o Rio. As provas serão aplicadas em 27 de abril. Para os cargos de assistente e técnico, os vencimentos podem chegar a R$4.837,11, conforme a titulação. No caso das funções de formação Superior, os ganhos podem chegar a R$8.480,53 para doutores.

As inscrições podem ser feitas a partir de 11 de março e vão até dia 25 do mesmo mês, no site do Instituto de Desenvolvimento Educacional e Cultural (Idecan), no site www.idecan.org.br, banca do concurso.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia