Elo Concursos disponibiliza simulado gratuito para provas da PRF

Com a chegada das provas, a plataforma de preparação online para concursos públicos elaborou material exclusivo para candidatos testarem seus conhecimentos

Por leonardo.rocha

Rio - As provas do concurso da Polícia Rodoviária Federal já serão realizadas neste domingo, em todo país. Para quem está concorrendo a uma das 216 vagas para o cargo de agente administrativo de nível médio, o Elo Concursos elaborou um simulado com questões de provas anteriores da Funcab, banca responsável pelo concurso.

Ao todo, o material traz 60 exercícios da banca e pode ser acessado gratuitamente pelo endereço eletrônico http://eloconcursos.com.br/_arquivos/diversos/files/Simulado%20PRF.pdf. A proposta é ajudar os candidatos a testarem seus conhecimentos para um dos concursos mais esperados do ano.

Os gabaritos preliminares saem após as 12 horas do dia 27 de maio e o resultado final da prova objetiva está previsto para o dia 13 de junho. O prazo de validade do concurso é de dois anos, a contar da data da publicação da homologação de seu resultado final, podendo ser prorrogado, uma vez, por igual período.

Segundo Rodrigo Schluchting, diretor da plataforma, quem já estuda para FCC, FGV ou Cesgranrio não deverá ter muita dificuldade. O estilo de prova é bem parecido, com questões mais objetivas e menos textuais.

Fazer cursos e usar materiais focados para Funcab é uma dica importante para evitar cair nas pegadinhas da banca, orienta Deodato Neto, professor de Informática do Elo Concursos. No estudo para as disciplinas de Direito Constitucional e Direito Administrativo, é importante se ater a todo conteúdo do edital, além de estudar a Constituição e os conceitos doutrinários básicos. “As questões prometem um nível de dificuldade de padrão médio para fácil, mas isso não permite ao candidato desprezar o estudo, pois quando as questões são assim não admitem vacilos perder uma questão poderá deixar o candidato de fora”, alerta a professora dessas disciplinas no Elo Concurso Josélia do Carmo.

Já na disciplina de Raciocínio Lógico, as provas seguem um estilo tradicional e bem parecido com o da FCC, afirma o professor Elias Daniel. O também professor do Elo Concursos Dilmar Ricardo completa: “em geral as questões de Raciocínio Lógico propostas pela banca Funcab avaliam os seguintes tópicos: conclusão de argumentos; valoração de proposições; proposições categóricas; equivalência e negações de proposições; e tabela de correlação. É claro que devemos estar atentos a alguns conhecimentos básicos da matemática como, por exemplo, teoria de conjuntos, análise combinatória e probabilidade”.

Para estar preparado para as questões sobre a legislação da PRF, segundo o professor Roberto Guimarães, é preciso concentrar os estudos na própria legislação cobrada mais do que nos conceitos doutrinários. “Um conhecimento sedimentado da legislação será suficiente para resolver qualquer questão ou pegadinha da prova. Isso não significa que será fácil. Tem que se dedicar”, explica.

“No geral, esperamos uma prova de dificuldade média. É uma prova que valoriza o candidato que tem boa memória, então o concurseiro que gravar bem os tópicos estudados tem grandes chances de gabaritar. Diferente da CESPE, antiga organizadora, uma questão errada não penaliza o aluno anulando uma certa. Portanto quem estudou, mas foi mal no último concurso, essa é a chance de fazer uma boa prova”, conclui Rodrigo Schluchting.

Vale lembrar também que hoje os concurseiros têm um novo aliado na preparação para as provas: a tecnologia. “Com a tecnologia que temos hoje, o estudante consegue encontrar várias questões e simulados de provas anteriores que foram realizados pela banca e também encontrar cursos preparatórios online de qualidade e que trabalham focados, dando a liberdade de poder estudar no conforto de sua casa com a certeza de que esta fazendo uma ótima preparação”, ressalta Alison Morais, Diretor de Operações do Elo Concursos.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia