Procon descarta 150kg de alimentos em restaurantes do Rio e de Niterói

Fiscais encontram baratas em restaurante VIP do Rio

Por leonardo.rocha

Rio - O Procon Estadual realizou nesta sexta-feira uma vistoria em restaurantes do Rio de Janeiro e de Niterói especializados na culinária italiana. A Operação denominada Camisa 10 faz parte das ações voltadas à Copa do Mundo idealizadas pelo órgão. Dos 21 estabelecimentos fiscalizados, 15 foram autuados e serão multados por diversas irregularidades. No total, foram descartados pelos fiscais mais de 150kg de alimentos impróprios para consumo.

Mais de 150kg de alimentos impróprios foram apreendidos pelo ProconReprodução


Localizado em Ipanema, o restaurante Milano foi flagrado armazenando 7kg e 980g de queijos, salmão, champignon e capeletti vencidos, além de 2kg e 370g de produtos sem especificação quanto à validade entre carnes, molhos e purê. Apesar da dedetização estar em dia, os agentes encontraram baratas dentro da geladeira e determinaram a limpeza imediata do equipamento. O local não disponibilizava, ainda, o Código de Defesa do Consumidor (CDC) e o cartaz que informa o Disque Procon 151.

No Padovano, que fica no Centro do Rio, foram recolhidos 9kg e 450g de presunto, bacon, rabada, pão e maionese sem informações sobre o vencimento. O armário da câmara frigorífica foi interditado pelo grave estado de ferrugem. Já no restaurante Da Carmine, em Icaraí, os fiscais inutilizaram 9 kg de pão mofado, 50 litros de chope e 2kg de medalhão vencidos. Entre os produtos sem especificação, foram encontrados 2kg e 900g de pescado, picanha e hambúrguer.

Os estabelecimentos que não apresentaram irregularidades foram os seguintes: Torninha e a filial do restaurante Da Carmine, situados em Niterói; Margutta Cittá e Focaccia, ambos no Centro do Rio; Gero e Galani, os dois em Ipanema. Este último, localizado no Hotel Caesar Park, que vai hospedar a comitiva holandesa durante o Mundial.

Balanço da Operação Camisa 10:

1 - Quadrucci (Rua Dias Ferreira, 233/Leblon): 367g de chantilly, 2kg e 170g de molhos, 483g de legumes e 581g de alcaparras vencidos; 3kg e 200g de fondant, 4kg e 400g de cogumelo, 2kg e 200g de batata palito, 529g de peixe, 157g de tartare de carne e 100g de carpaccio sem especificação.

2 - Buonasera (Estrada Leopoldo Fróes, 34/Niterói): 500g de camarão, 300g de arroz, 300g de presunto, 150g de queijo ralado, 100g de cajueiro e 500ml de molho sem especificação.

3 - Padovano (Av. Rio Branco, 156/Centro): 1kg de presunto, 1kg de bacon, 6kg de rabada, 800g de massa de pão, 400g de pão de ló e 250g de maionese sem especificação. Armário da câmara frigorífica interditado, pois estava com muita ferrugem.

4 - Buon Giorno (Rua Gavião Peixoto, 152/Niterói): 1kg de chocolate branco e 1kg de pão de queijo vencidos; 4kg e 500g de casca de camarão, 4kg de camarão, 1kg e 500g de apara de salmão e 1kg e 900g de apara de peixe branco sem especificação.

5 - Dom Matteo (Av. das Américas, 7700/Barra da Tijuca): 7 latas de refrigerante, 600g de mostarda, 965g de pães vencidos; 2kg e 650g de tiras de carne bovina, 1kg e 650g de muçarela, 1kg e 500g de batata rostie, 1kg de molho de tomate, 650 de presunto, 500g de tomate seco e 300g de creme de milho sem especificação.

6 - Da Carmine (Rua Mariz e Barros, 309/Niterói): 2kg de medalhão e um barril de 50 litros de chope vencidos; 9kg de pão mofado; 1kg e 700g de pescado, 800g de hambúrguer e 400g de picanha sem especificação.

7 - Luiggi's (Rua Senador Corrêa, 10/Laranjeiras): 2kg e 700g de ricota, 2kg e 700g de queijo minas vencidos; 4kg e 500g de molho de pato, 3kg e 500g de lasanha, 1kg e 500g de gorgonzola, 900g de linguiça calabresa, 600g de pernil de cordeiro e 500g de bacon sem especificação.

8 - Milano (Av. Gomes Carneiro, 132/Ipanema): 1kg de ricota, 570g de salmão, 500g de capeletti, 200g de champignon e 100g de queijo vencidos; 4 pastéis de queijo, 2kg e 80g de carnes, 300g de filé de frango, 1kg de lombo, 900g de purê de abóbora e 3kg e 700g de molhos sem especificação. Ausência do Código de Defesa do Consumidor e do cartaz que informa o Disque Procon 151. Foi encontrado baratas dentro da geladeira, apesar da dedetização estar dentro da validade (junho de 2014). Foi determinada a limpeza imediata da geladeira.

9 - La Pastasciutta (Shopping da Gávea): 700g de tomate seco, 300g de presunto de parma, 1kg de champignon, 2kg de massa de empada, 900g de alcaparras, 100g de shitake e 3 litros de molho madeira vencidos; 900g de palmito, 780g de queijo, 700g de chantilly e 430g de massa de batata sem especificação.

10 - Cantina da Nonna (Rua Conde de Bonfim, 601/Tijuca): 1 barril de 50 litros de chope vencido; 2kg de queijo provolone sem especificação.

11 - Piccola Itália (Itanhangá Center): 1 barril de 50 litros de chope, 2kg e 255g de nhoque, 1kg e 985g de capeletti, 800g de molho para salada, 235g de bolinho de arroz e 100g de batata baroa vencidos; 2kg e 255g de linguiça, 960g de aipim, 810g de ameixa, 740g de queijo e 490g de presunto mal acondicionados.

12 - La Nonna (Av. das Américas, 3939/Barra da Tijuca): 1kg e 600g de recheio para capeletti vencidos; 3kg e 600g de tortelone de espinafre, 1kg e 600g de carne seca e 1kg e 400g de torta de limão sem especificação.

13 - Turino (Av. Armando Lombardi, 350/Barra da Tijuca): 100ml de molho shoyo, 2kg e 900g de recheio para crepe, 560g de aspargos, 600g de muçarela, 1kg e 500g de frango e 5kg de molho para pizza vencidos; 500g de champignon, 520g de frango e 300g de alcaparras sem especificação.

14 - Enotria (Av. Ayrton Senna, 2150/Barra da Tijuca): 4kg e 400g de molho de vinho, 2kg e 500g de fraldinha, 1kg e 524g de lentilha, 896g de caldo de carne, 482g de gelificante vegetal, 500g de mistura para bolo, 1kg e 58g de albumina e 1 litro de conservante vencidos; 2kg e 726g de molhos, 140g de bicarbonato e 8g de corante sem especificação.

15 - Policarpo (Largo dos Leões/Humaitá): 2kg e 500g de linguiça calabresa, 2kg de molho porto belo, 151g de café e 300ml de mate vencidos; 1kg de creme de leite e 500g de muçarela de búfala sem especificação.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia