Inscrições para concurso da Anatel começam no dia 11

São 100 vagas nos níveis Médio e Superior com remuneração de até R$11.776,90

Por bferreira

Rio - A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) divulgou edital de concurso na última semana para 100 vagas de Níveis Médio e Superior e com remuneração de até R$ 11.776,90. As inscrições serão abertas a partir do dia 11 deste mês e vão até 1º de agosto. A banca escolhida é a Cespe/UnB. As provas objetivas ocorrem dia 14 de setembro e serão compostas por 120 questões, sendo 50 de conhecimentos básicos e 70 de específicos. Haverá ainda avaliações discursivas e de títulos para os candidatos aos cargos que exigem formação superior.

Do total de vagas, 32 serão para o Nível Médio: 20 para técnico administrativo e 12 para técnico em regulação de serviços de telecomunicação. Já no Nível Superior, a oferta total será de 68 oportunidades, distribuídas pelos cargos de analista administrativo, com 20, e especialista em regulação de serviços de telecomunicações, com 48. Haverá também formação de cadastro de reserva. Todas as vagas oferecidas são para Brasília, onde fica a sede da autarquia.

Alexandre Prado, diretor do site Concurso Virtual, afirma que o edital atual passou por algumas alterações, se comparado com o anterior. Ele explica que algumas matérias básicas não foram exigidas.

“Para o Nível Superior foram retiradas as matérias de Noções de Informática, Ética no Serviço Público, Noções de Direito Administrativo e Noções de Direito Constitucional, restando apenas as de Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Agências Reguladoras, Licitações e Contratos, e Administração”, informa.

Já para o Ensino Médio, Prado diz que não serão exigidas: Noções de Informática, Ética no Serviço Público e Raciocínio Lógico. O concurseiro deve focar em Língua Portuguesa, Noções de Direito Administrativo e Noções de Direito Constitucional.

Arenildo Santos, professor do site Questões de Concursos, aconselha estudar em primeiro lugar as disciplinas abordadas na parte de conhecimentos básicos e, em seguida, as específicas.

“O último concurso foi em 2012 e foi organizado também pelo CespeUnb. Basta entrar no site (www.cespe.unb.br/concursos) e baixar as provas anteriores. Por elas, o candidato terá uma boa ideia de como poderão ser as provas do dia 14 de setembro”, aconselha Arenildo Santos.

Atenção redobrada

Letícia Debom, professora do site Gabarita Português, alerta para o estilo de prova da banca. Segundo ela, o Cespe/Unb aposta em questões em que é preciso assinalar certo e errado nos enunciados e isso pede atenção redobrada dos candidatos. “Na maioria das provas, a banca anula uma questão certa se o concurseiro errar a resposta. Assim, é melhor evitar chutes porque há risco de diminuir os pontos. Indico só responder quando houver a certeza de reposta”, ensina a professora.

A secretária escolar Pamela Martins, e o motorista Leonardo de Souza, ambos de 23 anos, são casados e estudam juntos há dois anos no Universo do Concurso Público. “Estudamos as provas do Cespe/Unb já há algum tempo. Começamos a compreender a banca”, diz a concurseira. “O Cespe não é uma banca fácil. A Pamela está mais preparada do que eu. Mas ela me ajuda nas dificuldades”, conta Souza.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia