Estado paga os novos salários de servidores públicos a partir do dia 1º

Educação e Saúde estão entre as categorias de maior quantitativo de pessoal no total de contemplados

Por O Dia

Rio - A partir da próxima sexta-feira, o Estado do Rio paga os novos benefícios e salários dos 212 mil servidores públicos das carreiras que foram contempladas no pacote de reajustes aprovado na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj). No dia 1º de agosto sai o pagamento dos aposentados e, na segunda-feira, dia 4, dos ativos.

Veja como fica a tabela de saláriosArte%3A O Dia

Educação e Saúde estão entre as categorias com maior quantitativo de pessoal no total de contemplados. Ao todo, são 161 mil na primeira categoria e 26.021, na segunda. De todas as carreiras beneficiadas, a Segurança Pública é a única que receberá novos reajustes a partir de janeiro de 2015. Já que no início deste ano, esses servidores já tiveram aumento salarial.

Confira nas tabelas ao lado exemplos dos novos vencimentos básicos a partir do reajuste aprovado. Os dados são da Secretaria Estadual de Planejamento e Gestão. Na Educação, o reajuste será de 9%. Para os servidores da Saúde foi aprovada incorporação de 65% da gratificação por desempenho Geeled para este mês e o restante em janeiro de 2015. E mais 6% de aumento em junho de 2015 e 6% de junho de 2016.

Novo teto salarial

Os servidores estaduais que sofrem abate-teto também terão os vencimentos reajustados. Para este mês já está em vigor o limite correspondente a 75,16% do subsídio dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), de R$ 29,4 mil . Em 1º de julho de 2015: 80,19%. Em 1º de julho de 2016: 85,22% e, a partir de 1º de julho de 2017, de 90,25%.

Quem tem direito

Fazem parte do grupo de funcionários que têm os salários reduzidos devido ao abate-teto os delegados de Polícia Civil, auditores fiscais, coronéis da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, professores titulares da Uerj e engenheiros do DER.Além dos servidores públicos de diversas categorias que tiveram cargos incorporados aos salários.

Últimas de _legado_Economia