Mais Lidas

INSS tem novos valores de contribuição mensal

Alíquotas devem ser usadas sobre salários de janeiro e recolhidas a partir de fevereiro

Por thiago.antunes

Rio - A Portaria Interministerial 13 estabeleceu os novos valores de contribuição previdenciária dos empregados com carteira assinada e trabalhadores avulsos. Os valores são de 8% para aqueles que ganham até R$ 1.399,12 por mês; de 9% para quem recebe entre R$ 1.399,13 e R$ 2.331,88; e de 11% para os que têm salários entre R$2.331,89 e R$ 4.663,75, o novo teto previdenciário.

Tabela de reajuste do INSSArte%3A O Dia

As alíquotas devem ser usadas no cálculo dos salários de janeiro e recolhidas apenas em fevereiro. Publicada ontem no Diário Oficial da União, a portaria da Previdência e da Fazenda reajusta aposentadorias e pensões do INSS acima do salário mínimo em 6,23% a partir deste mês. Para os benefícios concedidos pelo INSS ao longo do ano, o reajuste será proporcional.

Com a correção baseada no acumulado do INPC no ano passado, segundo a Previdência, 177.270 benefícios que se encontravam na faixa entre R$ 724 e R$ 741,79 passam a ter valor igual ao salário-mínimo. O piso teve reajuste de 8,8% subindo de R$724 para R$ 788. De acordo com a portaria, o novo piso também vale para os benefícios da Lei Orgânica da Assistência Social (Loas) de idosos e de pessoas com deficiência, além da renda mensal vitalícia.

Salário-família

A nova portaria também estabelece os valores da cota do salário-família que será de R$ 37,18 para o segurado com remuneração mensal não superior a R$ 725,02, e de R$ 26,20 para quem ganha mensalmente mais do que R$ 725,02 ou inferior a R$ 1.089,72. Já o auxílio-reclusão será devido aos dependentes do segurado cujo salário-de-contribuição seja igual ou inferior a R$1.089,72.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia