MP quer garantir pagamento dos salários de operários do Comperj

Objetivo é garantir o pagamento dos salários atrasados do mês de dezembro a cerca de 2.500 empregados, assim como evitar que sejam demitidos sem receber as verbas rescisórias

Por felipe.martins , felipe.martins

Rio - O Ministério Público do Trabalho (MPT-RJ) vai ajuizar duas ações na Justiça Trabalhista contra a empresa Alumini Engenharia, uma contratadas pela Petrobras para atuar no Comperj, em Itaboraí. O objetivo é garantir o pagamento dos salários atrasados do mês de dezembro a cerca de 2.500 empregados, assim como evitar que sejam demitidos sem receber as verbas rescisórias.

A decisão de entrar na Justiça decorreu da impossibilidade de acordo, já que os representantes da Alumini não compareceram à audiência de ontem, convocada pelo <MC0>procurador do Trabalho do município de Niterói, Maurício Guimarães de Carvalho. A empresa alegou que não pode propor acordo, <MC0>porque as verbas da Alumini estão bloqueadas pela Vara Trabalhista de Ipojuca em Pernambuco, por conta de processo movido por trabalhadores que atuam na Refinaria Abreu e Lima.

Segundo a empresa, esse bloqueio provocou a impossibilidade de pagar os salários de dezembro aos trabalhadores ativos. Também impediu de cumprir a terceira parcela de acordo firmado, em 11 de dezembro, com o MPT-RJ e os sindicatos para quitar as rescisões e as férias a 469 empregados dispensados pela Alumini.

Além do MPT-RJ e da Petrobras, participaram da audiência membros dos sindicatos dos Trabalhadores do Plano da Construção Civil Pesada e do Mobiliário de São Gonçalo e Região (Sinticom), dos Trabalhadores Empregados em Empresas de Montagem e Manutenção Industrial no Município de Itaboraí (Sintramon) e das Empresas de Engenharia de Montagem e Manutenção Industrial (Sindemon).

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia