Docentes federais pedem audiência com ministro da Educação

Encontro tem como um dos objetivos apresentar ao novo titular da pasta o que estava sendo negociado com a categoria

Por thiago.antunes

Rio - Representantes dos docentes federais pediram audiência com o novo ministro da Educação, Cid Gomes, em mais uma tentativa de reabrir o diálogo com a pasta. Desde o primeiro semestre do ano passado, a mesa de negociação está parada. De acordo com o presidente do Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes-SN), Paulo Rizzo, o encontro tem como um dos objetivos apresentar ao novo titular da pasta o que estava sendo negociado.

Além dos princípios acordados com a Secretaria de Educação Superior, em abril de 2014, sobre a reestruturação da carreira docente. O processo, segundo o Andes-SN, foi interrompido pelos representantes do governo desde o mês citado. Rizzo completou que a intenção é abrir o caminho da negociação para que, logo após ao 34º congresso da categoria, em fevereiro, possa ser apresentada a pauta de reivindicações.

Representantes dos docentes federais pediram audiência com o novo ministro da Educação%2C Cid GomesAgência Brasil

No ano passado, o Andes-SN exigiu a formalização dos pontos em discussão para tratar da reestruturação da carreira. Após paralisação dos docentes das Instituições Federais de Ensino (IFEs), em maio, foi decidido que uma nova reunião daria continuidade ao debate. No entanto, problemas de agenda do governo não permitiram que o grupo voltasse a se encontrar com representantes do ministério.

Levantamento

Servidores que integram o fórum nacional do funcionalismo federal, que ocorre nos dias 31 deste mês e 1º de fevereiro, vão fazer um levantamento completo dos projetos e propostas que tramitam no Congresso Nacional e afetam o funcionalismo público. A ideia é separar quais que podem trazer benefícios para o funcionalismo e também as que provocariam problemas.

Lançamento

Durante o encontro, os participantes vão definir as datas de lançamento da campanha salarial unificada deste ano. A ideia é que as propostas sejam encaminhadas para todos os setores do Executivo, Legislativo e Judiciário. As inscrições para participar do fórum acabaram ontem. O encontro será promovido em Brasília com todas as bases regionais do funcionalismo.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia