Como manter a motivação quando o edital demora a sair

Entre as dicas estão criar rotina de estudo e se dedicar a apenas um perfil de concurso

Por karilayn.areias

Pensar nos benefícios da estabilidade faz Bárbara ficar motivadaDivulgação


Rio - Um dos maiores desafios para os concurseiros é se manter motivado, disciplinado e focado no estudo para aqueles concursos que não se sabe ainda quando sairá o edital. Criar uma rotina bem definida na semana do que será estudado diariamente e se dedicar a apenas a seleções cujo conteúdo programático seja parecido são formas de se manter no foco.

Sérgio Camargo, advogado especialista em concursos, comenta que o processo de sedimentação de conhecimento é vagaroso e depende de persistência e continuidade. Segundo ele, não há como o candidato ter tempo suficiente de se preparar e tornar-se apto à aprovação se começar a estudar após a publicação do edital.

Camargo ressalta que a pessoa pode estudar para outros concursos enquanto o seu não sai desde que a maioria das matérias seja comum. “Há que se ter uma linha diretiva, o que não significa apenas um concurso a ser almejado. É comum provas para cargos distintos que guardem correlação, e que tenham conteúdos programáticos parecidos, o que auxilia nos estudos e não deixa o candidato parar”, explica.

Professor de Direito Constitucional da Academia do Concurso, Fábio Ramos diz que com o estudo antes do edital dá para a pessoa se preparar melhor e é menos acelerado e mais teórico. “Já pós edital, fica mais intenso e com foco em questões de prova. A ideia passa a ser aprofundar, revisar o conteúdo e conhecer a banca organizadora do concurso”, revela Ramos.

Antônio de Oliveira Bella, 19 anos, está se preparando para concorrer a uma das vagas de escriturário do Banco do Brasil no Rio. No entanto, o lançamento do edital para este ano está só na promessa.

“Se manter motivado quando o edital ainda não tem data prevista para sair é um dos maiores desafios para o concurseiro. Não tem outra escolha a não ser não desanimar e basear minha preparação por editais antigos”, afirma.

Recepcionista de uma agência de publicidade, Bárbara Lábio, 31, também está se preparando para o concurso do BB para vagas no Rio. “Minha motivação para estudar mesmo não sabendo quando o edital sairá vem do pensamento dos benefícios que a estabilidade me trará. De pensar que poderei entrar em um financiamento sem medo de ser demitida”, conta a candidata.

Agenda bem planejada

Para o professor da Academia do Concurso, Fábio Ramos, manter sempre o foco, saber o que quer e, sobretudo, ter equilíbrio são essenciais para aquela pessoa que estuda no escuro. Ou seja, sem saber quando o edital do concurso sairá. “Se o candidato não estiver obstinado qualquer coisa poderá desviar o seu objetivo. E caso não equilibre os estudos com os afazeres do dia a dia não aguentará a pressão”, avalia Ramos.

Entre as dicas para manter o foco, Ramos diz que é preciso manter um ambiente organizado, uma agenda bem planejada com a separação do tempo determinado para os estudos e o que será estudado a cada dia. “E não esquecer de fazer questões de prova”, acrescenta.

Para não desanimar com a demora para sair o edital, o advogado Sérgio Camargo orienta a ter em mente que o caminho é tortuoso, mas que os frutos a serem colhidos podem propiciar a tão desejada estabilidade.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia