Morre Wilson Choeri, ex-diretor-geral do Colégio Pedro II

Professor esteve à frente da maior unidade pública de ensino do Rio entre 1994 e 2008

Por raphael.perucci

Wilson Choeri esteve à frente do Pedro II entre 1994 a 2008Banco de imagens / Agência O DIA

Rio - Morreu na madrugada desta terça-feira, aos 85 anos, Wilson Choeri, ex-diretor-geral do Colégio Pedro II. O corpo do professor, que esteve à frente da maior unidade pública de ensino do Rio entre 1994 e 2008, foi velado durante a tarde desta terça, no Espaço Cultural do Colégio Pedro II, em São Cristóvão. A causa da morte não foi informada. A família também não deu detalhes do horário e local do sepultamento.

Em seu perfil no Facebook, Oscar Halac, atual reitor do Pedro II, lamentou a morte de Choeri. "(...) Nos deixou a figura mais polêmica do colégio nas últimas décadas. Amado por muitos, contestado por outros, mas acima de tudo respeitado por suas posições e intelectualidade. Esteve diurtunamente a serviço da UERJ e do Colégio Pedro II mesmo em detrimento de sua vida pessoal. (...) um homem de estirpe e de envergadura dos melhores educadores e que devolveu ao velho novo CPII a grandeza e dimensão que lhe pertencia".

Em mais de 50 anos de atuação no magistério, Choeri foi também reitor da UERJ, catedrático de Estatística Geral e Aplicada na mesma universidade, professor de Física e Matemática no Colégio de Aplicação da UERJ, docente da Universidade Gama Filho, entre outros cargos.

Com 175 anos de fundação, o Pedro II tem atualmente 13 mil alunos e é administrado pelo Governo Federal.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia