Maratona de aulas para um bom Enem

A seis dias do maior exame nacional, candidatos recorrem a transmissões gratuitas pela web

Por thiago.antunes

Rio - Faltando menos de uma semana para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), 613 mil estudantes no Estado do Rio — 7,7 milhões em todo o país — intensificam os estudos e correm contra o tempo para se sair bem na prova que abrirá as portas para mais de 100 universidades e centros federais do país.

Para aqueles que sonham conquistar uma vaga na universidade, os cursinhos prepararam maratonas de aulões gratuitas transmitidas pela internet sobre os conteúdos mais cobrados nas provas, que serão aplicadas nos dias 24 (sábado) e 25 (domingo) em 1.700 municípios.

O site Descomplica, maior plataforma de educação online do Brasil, vai promover na sexta-feira, véspera da prova, 12 horas ininterruptas de aula ao vivo, das 9h às 21h, com revisão dos temas que mais caem no exame. O preparatório vai ensinar técnicas de como fazer o exame de forma tranquila, recorrendo a paródias e diversão para que os alunos relaxem e esqueçam o nervosismo.

Professores de cursos%2C como o Pensi%2C focam nos temas mais cobrados na prova de domingo que vemDivulgação

A expectativa é reunir um milhão de pessoas ao longo do dia. Para este ano, o tema escolhido foi ‘Fadões do Enem’. Professores estarão fantasiados de fadas e outras criaturas mágicas. A missão é deixar todo mundo preparado para a prova. Para participar, basta acessar o site do aulão (www.descomplica.com.br/12hnerds).

“Além de revisar o conteúdo, eles se sentem mais confiantes e dão boas risadas enquanto relembram os temas”, diz Marco Fisbhen, fundador do Descomplica. Na terça-feira, o curso QG do Enem promove uma aula ao vivo sobre atualidades, a partir das 20h. Os temas incluem maioridade penal, crise hídrica, política externa (Cuba e Irã), novo protocolo de Kyoto e Reforma Política no Brasil.

Os interessados devem confirmar presença no site www.atualidades.enem.com.br. Haverá aulão de revisão na véspera do exame, das 9h às 15h, abordando todas as áreas do conhecimento na página www.esquenta.enem.com.br.

Com os aulões transmitidos pela web, mesmo que os estudantes percam algum conteúdo, os vídeos ficam armazenados e podem ser acessados até a véspera da prova. Para muitos desses jovens, a diversão favorita, que é passar horas na internet, é um eficiente aliado na batalha por uma vaga.

Para os pais que não aprovam tantas horas em frente ao computador ou no celular, o alívio é saber que os aplicativos, redes sociais e sites recheados de aulas permitem aos estudantes tirar dúvidas com professores virtuais ou fazer simulados das provas anteriores.

O exame terá quatro provas objetivas, com 45 questões cada, e uma redação sobre temas do cotidiano. Os portões serão fechados às 13h, e o exame terá início às 13h30, pontualmente. No sábado, os estudantes terão 4h30 para responder a questões de Ciências Humanas e da Natureza; no domingo, ganharão uma hora a mais para fazer a Redação, Linguagens e Matemática.

Atenção ao tempo em cada questão

O tempo é o bem mais precioso do Enem, por isso é importante que o estudante simule em casa os minutos gastos em cada etapa da prova. É o que aconselha Carolina Assis Vianna, assessora pedagógica da Saraiva e doutoranda em Linguística Aplicada pela Unicamp. “ Não adianta passar metade do período fazendo ótima redação e não conseguir responder às 90 questões. Também não é interessante fazer um texto ruim correndo para ter mais tempo para as 90 questões”, explica a especialista em correções de redação. O ideal, diz ela, é que o estudante reserve em torno de uma hora e dez minutos para o texto.

- Dicas

Clareza

Professor e doutor em Educação, Eugênio Cunha recomenda que, ao desenvolver o tema da redação, o candidato demonstre sua opinião de forma original, que fuja dos senso comum. “Escreva com clareza, seja objetivo e faça a correção gramatical.”

Bons argumentos

Heitor Victor, coordenador e professor do Alfacem, colégio bilíngue preparatório para o vestibular, diz que um bom exercício para esta reta final é levantar prováveis temas de redação e listar argumentos e propostas de solução para o caso abordado.

Calor

Victor também aconselha ao candidato que se mantenha tranquilo no dia da prova, pois como a cidade tem enfrentado dias bastante quentes e a maratona está marcada para as 13h, ficar agitado e ansioso pode não ajudar. Portanto, não se esqueça de beber bastante água.

Redação

Diretor do Ponto de Ensino (Pensi), Marcio Branco acredita que a redação trará algum tema social no qual o aluno tenha que propor uma intervenção prática. “Como a prova foi feita há quatro meses, não será nada muito recente. É apenas palpite, mas podem ser temas ligados a cultura indígena, minoria ou refugiados”,diz.

Fuja dos clichês

Na construção do texto, é bom evitar frases genéricas na conclusão, como “melhorar a Educação no Brasil”. É preciso desenvolver as medidas que poderiam ser tomadas.

Textos de apoio

Marcio Branco alerta para que textos de apoio à redação sejam lidos com atenção. “Redação é receita de bolo. Se sair deste padrão, a chance de ser rejeitada pelo corretor torna-se real. Apresentar uma ortografia impecável causa boa impressão. Mas, na dúvida sobre a grafia da palavra, busque sinônimo em vez de arriscar”.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia