Conheça os perigos da locação direta

Alugar unidade sem a assessoria de imobiliária pode provocar prejuízos aos proprietários

Por paulo.gomes

Rio - Com o objetivo de economizar ou de evitar burocracias, alguns proprietários encontram na locação direta a solução para alugar sem precisar recorrer a administradoras e imobiliárias. No entanto, segundo especialistas, esta negociação pode trazer mais prejuízos que vantagens. Um dos problemas mais frequentes é a inadimplência.

“Muitos locatários só nos procuram quando já sofreram aborrecimentos com a negociação direta. Essa história é até clássica, mas ultimamente os nossos captadores percebem uma maior intensidade nesse tipo de ocorrência”, diz Giovani Oliveira, gerente geral de locações da Apsa.

Inadimplência%2C danos ao imóvel e contrato elaborado sem proteção para as partes envolvidas são alguns riscos desta negociaçãoDivulgação

Há casos também de danos no imóvel e de contratos elaborados sem cuidados. Na Renascença Administradora de Imóveis, de 10% a 15% dos proprietários que procuram pela empresa já tiveram prejuízos com locações diretas.

“As imobiliárias, além de ter um setor jurídico para orientar o locador sobre prazo de contrato, reajustes e garantia locatícia, ainda podem analisar criteriosamente a vida do possível inquilino, com acesso aos serviços de proteção ao crédito, e se o locatário tem renda suficiente para arcar com as obrigações do aluguel, entre outras vantagens”, ressalta Alexandre Parente, vice-presidente administrativo da imobiliária.

Sandro Santos, diretor da Sandro Santos Imobiliária, conta que é muito comum os negócios diretos entre amigos, o que muitas vezes termina com brigas e término de amizade. “Por meio de uma imobiliária especializada tanto o locador quanto o locatários ficam amparados”, diz Santos.

Para uma locação segura, Leila Bogoricin, sócia-diretora da Bogoricin Consultoria de Vendas, alerta para a elaboração de um contrato específico para cada negócio, relacionando obrigações e deveres de cada parte.

“Outro ponto crucial é a realização de um laudo de vistoria detalhado com fotos, onde ficarão registradas as condições que o imóvel e seus utensílios estão sendo entregues”, explica a profissional.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia