Informe do Dia: Visitantes nada generosos

Organizadores argentinos do encontro do Papa tentam impedir trabalho de jornalistas brasileiros

Por raphael.perucci

Rio - Organizadores argentinos do encontro do Papa com jovens conterrâneos tentaram transformar a Catedral Metropolitana em território de seu país. Jornalistas brasileiros e de outros países tiveram que discutir muito para conseguir ter acesso à igreja.


Repórteres argentinos gritaram que só eles poderiam cobrir o evento — uma brasileira chegou a levar beliscões de uma colega ‘hermana’. A Polícia Federal disse que não havia restrições para peregrinos ou jornalistas não-argentinos.

Argentinos lotaram a Avenida Chile para encontro com Papa na CatedralAlessandro Costa / Agência O Dia


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia