Paes diz no Twitter que Campo da Fé em Guaratiba vai virar bairro popular

'Esse será um grande legado da visita desse grande líder a nossa cidade', revela prefeito

Por tabata.uchoa

Rio - O prefeito Eduardo Paes contou no Twitter, neste domingo, que o Campus Fidei, em Guaratiba, vai virar um bairro popular. O terreno, que abrigaria os principais eventos da Jornada Mundial da Juventude, ficou completamente alagado com as chuvas que caíram no Rio nos últimos dias. Por isso, os eventos foram transferidos para a Praia de Copacabana.

"Conversei com Dom Orani e com o Papa Francisco essa noite sobre a ideia de transformarmos o Campo da Fé, em Guaratiba, em um bairro popular. O fato é que a Igreja investiu muitos recursos ali e isso não poderia ser desperdiçado. Só os donos da área se beneficiariam. A prefeitura vai desapropriar a área pela via judicial e vamos fazer com o IAB um concurso público para ali fazer um bairro popular para os mais pobres. Vamos chamar de bairro 'Campo da Fé do Papa Francisco'. Esse será um grande legado da visita desse grande líder a nossa cidade. Foi isso que o D. Orani acabou de anunciar agora. O Papa ficou muito feliz. Além de tudo é uma região da cidade em que muitas pessoas vivem em situação inaceitável. Já fizemos ali o BRT TRANSOESTE e o bairro terá toda infraestrutura", escreveu o prefeito no microblog.

Praia de Copacabana amanheceu completamente lotada por causa da vigíliaMaria Luiza Mesquita / Agência O Dia


Durante a Missa do Envio, na Praia de Copacabana, Dom Orani Tempesta, também comentou sobre a construção do bairro popular. Dom Orani afirmou que a chuva e a transferência do encerramento da Jornada Mundial da Juventude de Guaratiba para Copacabana "foram uma surpresa". "Estamos propondo ser o bairro Campo da Fé", disse sem entrar em mais detalhes.

No entanto, o arcebispo afirmou que "Deus nos fala pelos acontecimentos" e comemorou a construção do bairro popular em Guaratiba. "A escolha fez com que os olhos do mundo se voltassem para aquela região, e fez que todos conhecessem as suas necessidades. Não nos desesperamos se as coisas não acontecem como planejamos. O Senhor conduz a história", afirmou. 

Milhões de peregrinos dormiram na Praia de Copacabana de sábado para domingoMaria Luiza Mesquita / Agência O Dia


Três milhões de pessoas na praia

O último dia da Jornada Mundial da Juventude começou com muita animação. Com sol e temperatura mais amena os jovens levantaram cedo e ensaiaram o "flash mob" da Jornada para o Papa.

Mais cedo, por volta das 6h deste domingo, o pontífice usou o Twitter para mandar mais um recado aos jovens. "Queridos jovens, sejam verdadeiros "atletas de Cristo"! Joguem no seu 'time'! #Rio2013 #JMJ". 

Papa Francisco foi ovacionado em Copacabana na Missa do EnvioMaria Luiza Mesquita / Agência O Dia


O discurso do Papa na noite deste sábado nas areias de emocionou os mais de 3 milhões de fiéis que compareceram à celebração no local. "Sejam cristãos autênticos e não cristãos de fachada", começou. "O verdadeiro Campus Fidei é o coração de cada um de vocês. Somos o campo da fé de Deus. Queridos jovens, o senhor os necessita. Sigam as notícias do mundo e vejam que muitos jovens saíram para as ruas para ter uma civilização mais justa. São os jovens os protagonistas da mudança. Vocês são o futuro do mundo. Sejam o futuro dele", discursou o Sumo Pontífice.

Antes da cerimônia de Adoração ao Santíssimo Sacramento, os jovens fizeram alguns minutos de silêncio e rezeram em línguas diferentes. A cerimônia de celebração ao Santíssimo Sacramento começou por volta das 21h30, com a benção do Papa. A celebração acabou por volta das 22h, quando o Santíssimo foi retirado do palco e retornou à capela. Muitos peregrinos resolveram retornar às suas casas, mas a grande maioria permaneceu na praia.


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia