Papa deve anunciar neste domingo sede da próxima jornada

Nome mais cotado para a próxima edição da Jornada Mundial da Juventude é Cracóvia, na Polônia

Por daniela.lima

Rio de Janeiro – O papa Francisco deve anunciar, na manhã deste domingo, na Missa de Envio, na Praia de Copacabana, o nome da cidade-sede da próxima Jornada Mundial da Juventude. Entre os peregrinos, que tomam a orla desde as primeiras horas deste domingo, o nome mais citado é Cracóvia, na Polônia. Espera-se para a cerimônia, prevista para as 10h, público de 3 milhões de pessoas. O movimento é intenso nas ruas que dão acesso à praia, com a chegada de mais e mais fiéis para a missa, último evento público da jornada com a participação do papa. 

Papa chega a Copacabana para celebrar a Missa do EnvioReprodução


Com a temperatura variando entre 15 e 17 graus centígrados, os fiéis que participaram da vigília na noite passada amanheceram neste domingo na Praia de Copacabana. As 7h30, a orla, sobretudo no trecho em frente ao hoje Copacabana Palace, já estava tomada de fiéis que se procuravam o melhor lugar para assistir à missa. Às 8h, todos os acessos à Avenida Atlântica estavam fechados para o tráfego de veículos.

Além do frio, o desafio para quem pernoitou na praia foi encontrar um banheiro livre. As filas de peregrinos em busca de um banheiro para usar estão imensas em frente a igrejas, padarias e lanchonetes de redes internacionais.

Durante a madrugada a espera por um banheiro químico chegou a até três horas, contam os peregrinos. “Só conseguimos usar um banheiro porque, depois de três horas de espera, decidimos pagar”, disse a peregrina Ana Carolina Souza Norberto, de 19 anos, do interior do estado do Rio. “A gente acordou com muito mais vontade de fazer xixi do que de tomar café da manhã”, desabafou Ludmila Paula Viegas, de 22 anos, Brasília.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia