Ataques em Bagdá deixa 3 soldados e um policial mortos

Explosão de um carro-bomba perto de um prédio em construção causou as mortes

Por leandro.eiro

Iraque - Pelo menos quatro membros das forças da ordem iraquianas morreram neste domingo e outras 31 pessoas ficaram feridas em vários ataques realizados ao norte de Bagdá, informaram fontes policiais iraquianas. Dois militares e um policial morreram em um povoado próximo a Mossul, 400 quilômetros ao norte da capital, pela explosão de um carro-bomba perto de um prédio em construção, pouco depois que os soldados chegaram ao local após a primeira explosão de uma bomba que não causou vítimas.

A detonação do veículo também causou ferimentos em nove soldados, 14 agentes e sete civis, entre eles dois menores. Um soldado morreu e outro ficou ferido pela explosão de uma bomba durante a passagem de uma patrulha militar na cidade de Saadiya, 120 quilômetros a nordeste de Bagdá.

Depois que abril se tornou o mês mais sangrento no Iraque em quase cinco anos, com 712 mortos, maio vai pelo mesmo caminho, com uma alarmante alta dos ataques sectários e contra as forças de segurança.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia