Suécia: Incidentes isolados acontecem na 7ª noite de distúrbios

Estopim da escalada de violência foi a morte de um imigrante

Por raphael.perucci

Estocolmo (Suécia) - Os subúrbios de várias cidades suecas, entre elas a capital, Estocolmo, foram palco na noite deste sábado de incidentes isolados, pelo sétimo dia consecutivo, embora de menor intensidade, segundo fontes policiais.

Em alguns bairros periféricos foram registrados lançamentos de pedras contra as forças de segurança e também foram incendiados automóveis estacionados, disse o porta-voz da Polícia, Lars Bystrom, à rádio pública "SR".

No entanto, a menor intensidade dos distúrbios foi a tendência da noite passada, depois que já começou a diminuir na noite da sexta-feira, segundo essa mesma fonte. O estopim da escalada de violência nos subúrbios do país escandinavo foi a morte, há uma semana, de um imigrante de 69 anos por tiros da Polícia no que se qualificou de acidente.

A situação contínua de violência gerou um forte debate na Suécia sobre a crescente desigualdade social e econômica e a marginalização dos subúrbios em um país considerado um dos paradigmas do Estado de bem-estar. As autoridades suecas atribuíram os incidentes a bandos surgidos de forma espontânea e que se inspiram uns aos outros nos diferentes subúrbios que têm em comum uma alta concentração de população imigrante e problemas sociais.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia