Estuprador é enterrado vivo na tumba da vítima

'Bateram muito e depois o enterraram, ainda vivo', contou o promotor de Colquechaca, na Bolívia

Por julia.amin

Bolívia - Um jovem suspeito de estuprar e matar uma mulher foi enterrado vivo junto com a vítima na Bolívia, informou nesta quinta-feira a promotoria local. Santos Ramos Colque, 18 anos, foi capturado pelos moradores de Colquechaca, um povoado a 400 km de La Paz, e levado até o lugar onde a mulher seria enterrada.

Após ser espancado, Ramos teve as mãos amarradas e foi posicionado de barriga para baixo na cova. Os moradores, então, colocaram o caixão da vítima em cima do homem, que ainda estava vivo.

Segundo as investigações policiais, Ramos foi acusado de estuprar e matar uma mulher de 35 anos do pequeno povoado. "Bateram muito e depois o enterraram, ainda vivo", contou o promotor Gilberto Cruz à rádio Erbol.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia