Polonesa quer fazer sexo com 100 mil homens

Ania Lisewska quer ter relações sexuais com homens de todas as nacionalidades e entrar para o Livro dos Recordes

Por julia.amin

Polônia - Uma polonesa de 21 anos está causando muita polêmica com a sua mais nova meta. Ania Lisewska quer entrar para o Livro dos Recordes, o “Guinness Book”. Para isso, ela pretente fazer sexo com 100 mil homens de todos os lugares do mundo.

A jovem, que mora na cidade de Varsóvia, contou ter começado sua maratona no mês passado. "Vou visitar todas as cidades da Polônia e quando alcançar o feito vou começar a viajar para o exterior”, contou ela, afirmando que não vai desistir do seu objetivo.

A polonesa quer transar com 100 mil homensReprodução Facebook


"Eu quero os homens da Polônia, da Europa e de todo o mundo. Eu adoro sexo, diversão e homens”, exclamou a polonesa. O objetivo dela é, no entanto, muito difícil. Se Ania transar com 30 homens ao dia, ela vai demorar dez anos para chegar na meta dos 100 mil homens.

Com essa proposta, Ania quer criticar também a maneira como os poloneses entendem o sexo. Ainda há muita repressão e discriminação sexual na Polônia. "Qualquer um que queira realizar suas fantasias é recriminado e considerado um pervertido, uma prostituta ou doente mental”, desabafou.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia