Terceira idade de disposição

Idosos trocam remédios controlados por sessões de malhação nas Academias Cariocas

Por nara.boechat

Rio - Qualidade de vida, autoestima e independência. Estes são os benefícios que a dona de casa Vera Lúcia da Silva, 66 anos, conquistou com a Academia Carioca da Saúde. Recuperada de um acidente vascular cerebral, ela deixou a cadeira de rodas e hoje passa os finais de semana andando de triciclo com os netos na Praia da Brisa, onde vive em Guaratiba. O projeto, da Secretaria Municipal de Saúde, oferece atividade física com a supervisão de profissionais de Educação Física e acompanhamento médico gratuito.

O programa visa a dar melhor qualidade de vida principalmente às pessoas portadoras de doenças crônicas. Vera Lúcia vai duas vezes por semana à Clínica da Família Hans Jürgen Fernando Dohmann, em Guaratiba. “Fico satisfeita porque tenho resultados. Na unidade, recebo assistência de médicos e tem uma academia. O programa me devolveu o bem-estar”, contou.

Vera Lúcia (D)%3A autoestima e qualidade de vida%2C após sessões na academiaDivulgação

Menos remédios

Um dos principais benefícios que o programa trouxe é a diminuição do uso de medicamentos. De acordo com o levantamento, mais de 10% dos idosos que iniciaram a ‘malhação’ na academia deixaram de tomar medicação controlada e 62% diminuíram a dosagem.

Júnia Cardoso, coordenadora do programa, afirma que é importante ter um plano de prevenção a doenças, e enumera os benefícios. “Hoje, 86% dos idosos que fazem parte da Academia Carioca têm a pressão arterial sob controle, e 82 % apresentam níveis normais de glicose no sangue”, contou.

O risco cardíaco também diminuiu entre os idosos, pois 89% tiveram redução de peso e 91%, da circunferência abdominal.

Atualmente, mais de 35 mil pessoas participam do programa distribuídas em 76 academias, nas unidades de saúde e clínicas da família pela cidade. Cerca de 15 mil são idosos, sendo 69% mulheres e 31% homens.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia