Ataque de vespas mata 19 pessoas em 3 meses e preocupa autoridades na China

Autoridades decretaram estado de alerta devido ao aumento de casos, principalmente nas áreas montanhosas

Por juliana.stefanelli

Pequim (China) - Pelo menos 19 pessoas morreram e outras 70 foram internadas após terem sido picadas por vespas na província de Shaanxi, no centro da China, onde as autoridades decretaram estado de alerta devido ao considerável aumento destes casos, informou nesta sexta-feira o jornal oficial "China Daily".

Segundo a fonte, os hospitais da Prefeitura de Ankang, no sul de Shaanxi, receberam 583 pessoas vítimas de picadas deste inseto nos últimos três meses. Deste número, 19 morreram e 70 seguem hospitalizadas, enquanto o restante já recebeu alta médica.

De acordo com as autoridades, esses números revelam o aumento destes incidentes e a necessidade de tomar medidas mais severas. "A cada outono registramos mais casos de picadas de vespa na província, especialmente nas áreas montanhosas. Estes incidentes aumentaram gradualmente nos últimos anos devido ao fato do número de vespas também terem aumentado na região", explicou Zhao Fang, oficial do governo local de Ankang.

Especialistas médicos também ressaltaram a dificuldade que esses casos representam, já que a maioria ocorre em zonas de difícil acesso. "A proporção de gente que morre por picadas de vespas é relativamente alta na China, já que a maioria dos casos se produz em remotas áreas rurais, onde as vítimas não podem receber o tratamento adequado com agilidade", assinalou o doutor Guo Dongyang.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia