Novo atentado contra xiitas no Iraque

Vítimas estão em estado grave e foram levadas para hospitais da província de Diyala

Por karilayn.areias

Bagdá (Iraque)- Um segundo atentado contra fiéis xiitas cometido nesta quarta-feira deixou 29 mortos e 60 feridos, na província de Diyala, no Iraque, horas depois de oito pessoas terem morrido e outras 22 apresentarem ferimentos após ataque ocorrido na região de Hafriya. Em Diyala, mais precisamente na aldeia de Zerkush, que está localizada ao nordeste de Bagdá, um homem, vestido com uniforme policial detonou um cinto de explosivos que portava.

Segundo atentado no Iraque deixa muitos xiitas feridosAko Rasheed/Reuters

O terrorista estava no meio de um grupo de fieis xiitas que festejavam a celebração da "Ashura". Uma fonte policial informou que há possibilidade de o número de vítimas do atentado aumentar, já que muitos feridos em estado grave foram transferidos para hospitais da região.

Este é o segundo atentado registrado contra a comunidade xiita no Iraque, que celebra o aniversário do martírio do imã Hussein, neto de Maomé, na cidade iraquiana de Karbala, no ano 680. Mais cedo, oito pessoas morreram e 22 ficaram feridas com a explosão de dois artefatos durante a passagem de peregrinos xiitas que festejavam o "Ashura" na região de Hafriya, ao sul de Bagdá.

Já em Kirkut, ao norte da capital iraquiana, dois xiitas ficaram feridos devido a explosão de uma bomba. As forças da ordem estabeleceram rigorosas medidas de segurança, sobretudo nas cidades ao sul de Bagdá e na mesma capital, já que se espera a peregrinação de centenas de milhares de xiitas, que se dirigem a Karbala de todas as partes do país.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia