Papa expressa sua 'compaixão' por vítimas de padres pedófilos

Pontífice fez discurso sobre abusos sexuais cometidos por sacerdotes durante pronunciamento aos bispos holandeses

Por joyce.caetano

Roma - O papa Francisco expressou nesta segunda-feira sua "compaixão" pelas vítimas de abusos sexuais cometidos por padres, durante o discurso que pronunciou aos bispos holandeses em visita "ad limina", que as conferências episcopais de cada país fazem ao pontífice a cada cinco anos.

Papa FranciscoEfe

"Desejo expressar minha compaixão e assegurar minha oração a cada uma das vítimas dos abusos sexuais e a suas famílias", escreveu o papa em seu discurso.

O pontífice argentino pediu ainda que sigam apoiando as vítimas "no doloroso caminho de cura, que percorrem com coragem". Durante os últimos anos na Holanda foram registradas centenas de denúncias contra sacerdotes por abusos sexuais. O papa também lembrou à Igreja holandesa que "é importante e imprescindível" que expressem proximidade às vítimas, estando disponível e os guiando caso precisem.

"Como padres, encontrai o tempo necessário para acolhê-los e escutá-los cada vez que pedirem e não se esqueçais de ir ao encontro dàqueles que não se aproximam", acrescentou.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia