Mais de 70 líderes mundiais são esperados em funeral de Mandela

'O mundo inteiro está vindo para a África do Sul', disse o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Clayson Monyela

Por bianca.lobianco

África do Sul - Mais de 70 chefes de Estado e governo são esperados na África do Sul esta semana para comparecer aos eventos do funeral do ex-presidente Nelson Mandela. A maioria deve participar de uma grande homenagem em Johanesburgo na terça-feira, disseram autoridades.

"O mundo inteiro está vindo para a África do Sul", disse o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Clayson Monyela.

Depois da homenagem, que está sendo considerada uma das maiores reuniões de líderes globais na história recente, apenas alguns dignitários irão ao funeral de Estado de Mandela em seu vilarejo de origem, Qunu, em Cabo Oriental, acrescentou o porta-voz.

Sul-africanos prestam homenagens a Nelson MandelaReuters

"Estamos tentando manter a cerimônia para a família", disse Monyela à Talk Radio 702.

A presidente Dilma Rousseff viaja nesta segunda-feira ao lado dos ex-presidentes José Sarney, Fernando Collor de Mello, Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva para acompanhar os eventos do funeral de Mandela.

Nelson Mandela morreu na última quinta-feira, aos 95 anos, vítima de complicações pulmonares. Ele estava internado havia três meses. 

Confira o perfil do líder antiapartheit


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia