Dengue: evite o desenvolvimento do Aedes aegypti

Ciclo reprodutivo dura em média 10 dias entre o nascimento e a fase adulta do mosquito

Por rosana.freitas

O mosquito da dengue é rápido. Ele precisa de pouco tempo para se desenvolver. Do ovo à forma adulta, o ciclo de vida do mosquito varia de acordo com a temperatura. Segundo a Fiocruz, "em condições ambientais favoráveis, após a eclosão do ovo, o desenvolvimento do mosquito até a forma adulta pode levar um período de 10 dias. Por isso, a eliminação de criadouros deve ser realizada pelo menos uma vez por semana".

O Aedes aegypti é um mosquito doméstico. Ele vive dentro ou ao redor das casas, escolas, igrejas etc. É um inseto com hábitos diúrnos, embora não seja impossível que a pessoa seja picada à noite também.

Segundo o Ministério da saúde, "O Aedes aegypti caracteriza-se por apresentar comportamento estritamente urbano, sendo raro encontrá-lo em áreas silvestres. Em média, o mosquito vive em torno de 30 dias, e a fêmea chega a colocar entre 150 e 200 ovos de cada vez. E apesar de copular somente uma vez, ela tem capacidade de desovar várias vezes durante sua vida. Essas desovas estão condicionadas à ingestão de sangue e ocorrem após 2 ou 3 dias, por isso necessita alimentar-se periodicamente".

Ciclo de reprodução

Uma fêmea do Aedes aegypti espalha seus ovos em vários criadouros.Isso facilita a disseminação da doença. O mosquito pode colocar vários ovos em lugares diferentes de um mesmo local ou não. Eles são depositados em recipientes com água, porém fora do meio líquido, próximo à linha d’água, ficando aderidos à parede interna dos recipientes.

Em contato com a água, os ovos então dão origem às larvas. Estas se alimentam de bactérias e fungos. Após essa fase, as larvas dão origem a pupa ( que corresponde à fase aquática do ciclo) e depois a adulta (correspondendo à fase terrestre).

A fêmea pica o indivíduo infectado, mantém o vírus em sua saliva e o retransmite em novas picadas. Após o período de incubação o mosquito torna-se apto a transmitir o vírus durante toda a sua vida.

Calor favorece o desenvolvimento do mosquito

O Aedes aegypti pode aparecer tanto no verão quanto no inverno, mas o calor propicia o surgimento da doença.

Em condições favoráveis de umidade e temperatura, o desenvolvimento do embrião é concluído em 48 horas. Os ovos também são resistentes ao ambiente seco.Segundo o Ministério da saúde "Temperatura e umidade são primordiais para o desenvolvimento do mosquito e, principalmente, para manter os ovos férteis mesmo fora d’água". Por isso os recipientes devem ser limpos com água e sabão. Esse aspecto demonstra que o combate deve ser feito em todas as estações do ano.Por isso vale lembrar: não deixe água parada, retire-a dos vasos de plantas, mantenha caixas d'água, tonéis e barris fechados para prevenir a doença.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia