ONU retira 300 civis de cidade sitiada na Síria

Conflito na Síria acontece desde março de 2011, e já deixou mais de 136 mil mortos

Por julia.sorella

Síria - A Organização das Nações Unidas (ONU) retirou nesta segunda-feira, de Homs, no Oeste da Síria, um grupo de 300 civis. A cidade está sitiada há mais de 600 dias pelo Exército local. Cerca de 700 pessoas saíram da cidade nos últimos três dias, de acordo com a organização não governamental (ONG), Crescente Vermelho. O anúncio da operação nesta segunda-feira foi feito pela ONG via Twitter. Segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos, cerca de 3 mil pessoas estão presas em Homs, onde os alimentos e medicamentos estão esgotados.

É a primeira operação humanitária desde o cerco dos bairros de Homs, controlados pelas forças rebeldes em 2012. A recente autorização da saída de civis está prevista em acordo promovido pela ONU entre o regime do presidente sírio, Bashar Al Assad, e as forças rebeldes.

Homs, a terceira maior cidade da Síria, é considerada um foco da contestação ao regime governista, sendo por isso uma das zonas mais devastadas do país. O conflito na Síria prolonga-se desde março de 2011 e, segundo o observatório, já deixou mais de 136 mil mortos.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia