Por clarissa.sardenberg
Publicado 13/03/2014 16:11 | Atualizado 13/03/2014 16:17

Venezuela - O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, ordenou a atuação das forças de segurança nos focos de violência nos protestos contra ele e a detenção dos que os financiam. "Ordenou-se a atuação da polícia nas zonas de focos violentos nas próximas horas, assim como, detenção dos financistas e provedores desses grupos violentos", declarou a ministra de Comunicação Delcy Rodríguez em sua conta na rede social Twitter.

"O chefe de Estado preservará a paz da República e de seus cidadãos!", disse a ministra após uma reunião do gabinete de segurança que se prolongou até altas horas da noite.

Manifestantes enfrentam a polícia durante um novo protesto em Caracas, na VenezuelaEfe

"O presidente Maduro, atuando em sua condição de Comandante-em-Chefe da FANB, ordenou a detenção de franco-atiradores que mataram cidadãos de Carabobo", acrescentou, em alusão aos supostos autores das mortes de três pessoas ontem em Valência.

Nessa região, Maduro também ordenou "revistar casas na região do Trigal, em Valência".

Venezuela teve ontem um novo dia de violência com três mortos em Valência e incidentes violentos em várias cidades do país, incluindo a capital Caracas, onde houve atos de vandalismo no leste da cidade.

Os protestos que mantêm os opositores contra o governo de Maduro há mais de um mês deixaram mais de 20 mortos, cerca de 300 feridos e mais de mil detidos.

Você pode gostar