Ator Mickey Rooney morre aos 93 anos

Veterano foi candidato ao Oscar quatro vezes

Por clarissa.sardenberg

Estados Unidos - O veterano ator Mickey Rooney, que foI uma das estrelas infantis mais famosas da história de Hollywood, morreu neste domingo aos 93 anos, segundo confirmou o Escritório do Legista do condado de Los Angeles. A morte de Rooney tinha sido antecipada pelo portal de internet TMZ, que informou que a saúde do ator tinha se deteriorado há muito tempo.

Rooney ao lado da esposa na cerimônia do Oscar EFE

Rooney rodou mais de 200 longas-metragens em uma carreira que começou aos seis anos com um pequeno papel no filme mudo "Not to Be Trusted" (1926), e atualmente estava trabalhando no filme "The Strange Case of D.r Jekyll and Mr. Hyde", segundo apontou The Hollywood Reporter.

Após sua morte ser divulgada, o diretor de "Noite no Museu 3", Shawn Levy, confirmou que o nonagenário ator tinha rodado algumas sequências para a sequência no mês passado. "Uma lenda, obviamente, mas algo mais: agradecido, gentil, vital e cálido", disse Levy em um tweet. O último filme que tinha estreado na grande tela foi o "thriller" "The Woods" (2012).

Rooney foi candidato ao Oscar quatro vezes pelos filmes "Sangue de Artista" (1939), "A Comédia Humana" (1943), "The Bold and the Valente" (1956) e "O Corcel Negro" (1979), embora suas únicas estatuetas tenham sido honoríficas. Em 1939 a Academia de Hollywood lhe concedeu um prêmio por sua contribuição como ator juvenil e em 1983 a mesma instituição lhe entregou um segundo prêmio em reconhecimento a seus 50 anos de carreira.

Nos anos 80 e 90 participou de séries de televisão populares como "The Love Boat" (1982), "The Golden Girls" (1988), "Murder, She Wrote" (1993) e "ER - Plantão Médico" (1998) ou em filmes como "Babe: O Porquinho Atrapalhado na Cidade" (1998). O ator se casou oito vezes e suas primeiras núpcias foram com Ava Gardner em 1942.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia