Tremor de 6,1 graus sacode regiões do norte do Chile

Abalo é considerado uma réplica do terremoto de 8,2 graus que atingiu a região no primeiro dia de abril

Por clarissa.sardenberg

Chile - Um tremor de 6,1 graus de magnitude sacudiu nesta segunda-feira as regiões de Arica y Parinacota e Tarapacá y Antofagasta, mas até o momento não foi informado sobre vítimas ou danos graves, segundo as autoridades. O abalo, considerado pelos especialistas mais uma réplica do terremoto de 8,2 graus que atingiu a região em 1º de abril, foi seguido em poucos minutos por outros dois, de cinco graus de magnitude cada um.

O tremor de terra foi registrado às 10h43 e o epicentro se localizou sob o mar, 85 quilômetros a oeste da cidade de Alto Hospicio, informou o Centro Sismológico da Universidad de Chile. O hipocentro do sismo esteve a 35,6 quilômetros de profundidade, detalhou o órgão, enquanto o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS), que calculou que o tremor teve magnitude de 5,8 graus, o determinou a 10 quilômetros sob a superfície.

Quatro minutos depois, às 10h47, um sismo de 5 graus de magnitude segundo a Universidad de Chile e de 5,3 graus segundo o USGS foi registrado no mesmo setor do Oceano Pacífico, seguido às 11h01 por outro da mesma magnitude.

O Serviço Hidrográfico e Oceanográfico da Armada do Chile (Shoa) afirmou que o sismo principal não reuniu as características necessárias para gerar um tsunami no litoral do Chile.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia