Conservadores de Merkel vencem na Alemanha

Apesar da vitória, a porcentagem obtida pelo bloco conservador de Merkel é a pior da CDU/CSU em eleições europeias

Por tabata.uchoa

Alemanha - O bloco conservador da chanceler Angela Merkel venceu neste domingo as eleições europeias na Alemanha, com 36% dos votos, o que lhe garante entre 35 e 36 cadeiras na Eurocâmara, em um pleito marcado pela irrupção dos eurocéticos, segundo as pesquisas das duas emissoras de televisão públicas. As pesquisas divulgadas pela "ARD" e pela "ZDF" no fechamento dos colégios eleitorais apontam que atrás da União Democrata-Cristã (CDU) e sua irmã bávara, a União Social-Cristã (CSU), se situam o Partido Social-Democrata (SPD) (27,5%; 27-28 cadeiras), os Verdes (10,5%-11%; 10-11) e a Esquerda (7,5%-8%; 7-8).

Apesar da vitória, a porcentagem obtida pelo bloco conservador de Merkel é a pior da CDU/CSU em eleições europeias, enquanto os social-democratas conseguiram uma importante alta. Os eurocéticos Alternativa pela Alemanha (AfD), com 6,5% dos votos, obtêm seis cadeiras e entram pela primeira vez na Eurocâmara. A participação se situou, segundo as primeiras pesquisas, em 48%, quase cinco pontos acima da dos últimos pleitos europeus.


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia