Presidenta da Argentina não vem à final da Copa do Mundo por doença

Cristina Kirchner se desculpou à 'querida companheira Dilma' e aos outros chefes de Estado

Por clarissa.sardenberg

Argentina - Cristina Kirchner não virá mais ao Brasil para assistir à final da Copa do Mundo entre Argentina e Alemanha no Maracanã, neste domingo, conforme carta enviada à presidenta Dilma Roussef, devido a uma inflamação na garganta. A presidenta argentina permanecerá em repouso por recomendação médica. A carta foi divulgada pela Casa de Governo nesta quinta à noite.

A presidenta se desculpou à "querida companheira Dilma" e aos outros chefes de Estado por não poder estar presente para a final do Mundial. Estou atravessando, há mais de uma semana, uma faringolaringite aguda severa, que me impossibilitou de realizar de forma normal tarefas de governo, e hoje me encontro saindo da convalescença da mesma", completou.

Apesar do repouso médico, a agenda de Cristina continua: a presidenta recebe o presidente russo Vladimir Putin neste sábado na capital argentina e participa da cúpula dos Brics em Brasília na semana seguinte.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia