Casal processa creche por amarrar filho de 2 anos a colchão com fita adesiva

Foto de criança enrolada em um cobertor preso com fita adesiva ganhou atenção de internautas

Por clarissa.sardenberg

Estados Unidos - Um casal do Texas, nos Estados Unidos, está processando uma creche acusada por eles de usar fita adesiva para prender seu filho de 2 anos a um pequeno colchão porque ele era indisciplinado na hora da soneca, informou o advogado da família nesta quarta-feira.

Kristi e Brad Galbraith entraram com um processo por fraude e negligência e pedem uma indenização de US$ 1 milhão. O caso aconteceu em junho na Academia Montessori Heart2Heart, em Willow Park.

Ex-funcionário de creche enviou foto à família e avisou que quem aparecia na imagem era o filho deles Reprodução Internet

“Esse é um pesadelo dos pais”, disse o advogado Larry Rasansky. “Os pais dão confiança ao deixar seus filhos aos cuidados de outras pessoas, e é muito preocupante que algo assim aconteça com as crianças, que são muito pequenas para falar por elas mesmas.”

O estabelecimento não comentou o assunto, e disse apenas que está cooperando com as autoridades.

O casal alega no processo que seu filho é a criança retratada em uma foto que circulou pela internet e ganhou a atenção da mídia na época, que mostra uma criança enrolada em um cobertor e amarrada com fita adesiva a um pequeno colchão.

A foto foi tirada por um ex-funcionário do local, que enviou à família e disse que era o filho deles que estava no colchão.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia