Pai de estudante mata três crianças com faca e comete suicídio em escola

Crimes violentos são raros na China, mas nos últimos anos houve uma série de ataques a escolas e crianças

Por clarissa.sardenberg

China - Um homem armado com uma faca matou três crianças e depois se suicidou em uma escola na China nesta segunda-feira, no primeiro dia de aulas depois das férias de verão, segundo informou a mídia estatal. Um professor e outras cinco crianças ficaram feridas. O suspeito era pai de uma aluna da escola, depois do ataque, ele se matou ao se jogar do prédio da instituição.

O homem atacou as crianças porque a escola não deixou sua filha se inscrever para o próximo ano, pois ela não teria terminado a lição das férias, diz a CCTV em seu microblog.

De acordo com a investigação policial, o pai da estudante foi à escola, na cidade de Shiyan, na província de Hubei, dizendo que precisava fazer a inscrição da sua filha.

Crimes violentos são raros na China comparados a outros países, mas nos últimos anos houve uma série de ataques a escolas e crianças. Pais têm se posicionado para que a segurança nas escolas do país aumente, principalmente porque casais na China não costumam ter mais de um filho. 

Uma autoridade do governo em Shiyan se recusou a comentar o ataque.

Em maio, um homem feriu oito estudantes em um ataque com faca em uma escola primária de outra cidade de Hubei. Em dezembro de 2012, um homem invadiu e esfaqueou 23 crianças em uma escola primária na província cental de Henan.  

*Com informações da Reuters


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia