Morre Roberto Bolaños, o Chaves

Desde 2012, ator sofria de problemas respiratórios e complicações da diabete

Por O Dia

México - Morre, ao 85 anos, o ator Roberto Gómez Bolaños, criador e intérprete dos personagens "Chaves" e "Chapolin". A informação foi confirmada nesta sexta-feira pela rede de TV Televisa, do México. Desde 2012, o ator sofria de problemas respiratórios e complicações da diabete. Segundo o site mexicano 'El Universal', Bolaños morreu em casa, na cidade de Cancún.

Estado de saúde

"Todo meu amor para o Brasil%2C disse Bolaños em última postagem no TwitterDivulgação / SBT

No dia 30 de abril, o jornal mexicano "Basta" afirmou que o estado de saúde de Bolaños era "grave" e "não havia chances de recuperação".

Em maio deste ano, Roberto Fernandez, filho do artista, chegou a dizer que o pai estava com dificuldade de locomoção.

Também no começo deste ano, quando Bolaños fez 85 anos, um parente disse à agência de notícias EFE que a saúde do ator era "frágil" e que precisava de ajuda 24 horas por dia. "Mas é um homem forte, que não perde o senso de humor", disse o parente não identificado.

Em março de 2012, Bolaños foi internado para tratar de uma insuficiência respiratória. Em novembro de 2013, foi internado por alguma horas em um hospital de Cancún.

Famosos e amigos lamentam

Edgar Vivar, intérprete do "Senhor Barriga": "Roberto não se vai, permanece no meu coração e no de todos que te assistiram felizes por tantos anos. Adeus, Chaves. Até sempre".

Enrique Peña Nieto, presidente do México: "O México perdeu um ícone, cujo trabalho transcendeu gerações e fronteiras".

SBT exibia seriado no momento em que ator morreu

Coincidentemente, o Sistema Brasileiro de Televisão (SBT) exibia o seriado "Chaves" no momento em que o comediante veio a falecer. Os seriados "Chaves" e "Chapolin" se confundem com a história da emissora. Já foram exibidos em diferentes horários e são um grande trunfo usados para alavancar a audiência da faixa de horário em que eram e ainda são exibidos.

Intérprete de Chaves, Roberto Bolaños morreu nesta sexta-feira, aos 85 anos, no MéxicoDivulgação

O anúncio da morte de Bolaños foi feito pela jornalista Rachel Sheherazade. Logo após a interrupção da programação, a emissora voltou a exibir a série. O SBT prepara um programa em homenagem a Bolaños para ainda esta sexta-feira.

Amor pelo Brasil

O artista tinha mais de 6 milhões de seguidores no Twitter e fazia questão de expressar o amor pelo Brasil. Tanto que sua última mensagem postada na rede social foi uma resposta a uma fã brasileira: "Todo meu amor para o Brasil".

Carreira

Ao longo de sua carreira, Bolaños escreveu e adaptou 50 roteiros, além de ter atuado em 11 filmes. A série "Chaves", considerada a mais visto da televisão mexicana e dublada em 50 idiomas, foi ao ar pela primeira vez em 20 de junho de 1971, no Canal 8, no México. Além de Chaves, outro grande sucesso que o comediante criou foi o super-herói Chapolin Colorado.


Últimas de _legado_Mundo e Ciência