Mais Lidas

Proteja a coluna de dores na hora da faxina e da arrumação

Fisioterapeuta dá dicas para terminar o ano com a casa e a saúde em ordem

Por bferreira

Rio - O final do ano é tempo de festas, mas também de trabalho. Além dos preparativos para receber familiares durante as comemorações, muita gente aproveita o recesso de dezembro para arrumar a casa e entrar no Ano Novo com tudo em ordem. Porém, nem mesmo nesses momentos é possível descuidar da saúde. Na hora de fazer a faxina, carregar caixas e empurrar móveis é preciso atenção para não sobrecarregar a coluna e chegar em 2015 com problema de saúde.

A limpeza de lugares de difícil acesso é um dos exemplos dos momentos em que se deve tomar cuidado com a colunaDivulgação

De acordo com o fisioterapeuta Giuliano Martins, fazer grandes esforços durante a arrumação pode causar de dores nas costas a hérnia de disco. “O ato de levantar um objeto pesado, por exemplo, pressiona os discos da região lombar e provoca uma série de problemas. O ideal é evitar esse tipo de ação ao máximo”, afirma.

Se for inevitável, Giuliano indica que deve-se estar atento para não flexionar a coluna, o que causa a compressão dos discos. “A posição certa para puxar móveis é dobrar os joelhos e contrair o abdômen. Isso garante que o peso do objeto não será absorvido pela coluna”, diz.

Outra dica importante é alternar as tarefas. Ações que podem exigir horas de esforço em uma mesma posição, como passar roupa, devem ser intercaladas como períodos de descanso ou outras atividades.

“Também é interessante fazer uma atividade por dia. Em uma semana, dá para terminar tudo”, garante o especialista.

Além disso, com a família em casa por causa das férias, todos devem ajudar para acelerar o processo e reduzir esforços. “Peça ajuda sempre, especialmente quando for usar a escada ou fazer força”, aconselha Giuliano.

Organizar o armário pode evitar esforços

Além de tomar cuidado para não forçar a coluna durante a arrumação de final de ano, uma dica valiosa pode garantir menos trabalho durante todo o ano e quando chegar a hora de uma nova faxina completa. A organização do armário deve levar em conta a lei do menor esforço, aponta o fisioterapeuta Giuliano Martins.

“Objetos pesados devem ficar posicionados na altura dos braços e cotovelos para que eles não precisem ser carregados ou levantados na hora do uso”, diz ele, indicando que as peças mais leves fiquem nas outras posições.

Já o que for pouco utilizado vai para o fundo do armário. Além disso, sempre use escadas para alcançar prateleiras mais altas.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia