Mais Lidas

Achado local onde Jesus foi condenado

Arqueólogos acreditam que ruínas serviram como tribunal

Por bferreira

Israel - A escavação por arqueólogos de um edifício abandonado, próximo ao Museu ‘Torre de Davi’, em Jerusalém, pode ter revelado as ruínas do palácio de Herodes, local onde, segundo a Bíblia, Jesus teria sido julgado e condenado à crucificação.

De acordo com o jornal americano ‘Washington Post’, os responsáveis pela descoberta estão certos de que se trata do lugar indicado pelo Novo Testamento. Considerava-se que o palácio de Herodes ficava no lado oeste da cidade, o que combina com as ruínas encontradas. E o julgamento teria acontecido “próximo de um portão e de uma rua com pedras irregulares”, detalhes que estariam presentes no achado.

“Não há inscrição que comprova que o julgamento aconteceu aqui, mas todos os relatos — arqueológicos, históricos e evangélicos — combinam”, afirmou o arqueólogo Shimon Gibson, da Universidade da Carolina do Norte.

O museu, onde se encontram as ruínas, já planeja abrir visitação pela descoberta. A escavação no local começou há 15 anos, como parte de planos de expansão do museu. Enquanto arqueólogos pesquisavam o lugar, que antes abrigava uma prisão otomana, eles encontraram ruínas do palácio.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia