Manifestantes pela democracia voltam às ruas de Hong Kong

Foi a primeira grande manifestação do ano

Por tiago.frederico

Rio - Milhares de manifestantes pró-democracia participaram ontem de uma marcha exigindo eleições livres em Hong Kong. A mobilização é a primeira de grande porte desde o fim do protesto ‘Occupy Central’, após o governo local iniciar a segunda rodada de consulta pública sobre a reforma democrática.

Com guarda-chuvas amarelos, símbolo do movimento, os manifestantes caminharam pelo centro da cidade para defender a possibilidade de escolher livremente o chefe de governo local nas eleições de 2017, sem que o nome tenha de ser aprovado pelo governo chinês.

O governo mobilizou um forte aparato policial para impedir que os manifestantes ocupem áreas-chave de Hong Kong. O número de participantes foi estimado em 13 mil pelos organizadores, mas a polícia apontou metade do número.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia