Segunda caixa-preta de avião que caiu nos Alpes franceses é encontrada

Unidade contém os registros técnicos do voo entre Barcelona e Dusseldorf que tinha 150 pessoas a borda

Por tamara.coimbra

França - A segunda caixa-preta do avião da companhia aérea alemã Germanwings que caiu nos Alpes franceses com 150 pessoas a bordo foi encontrada nesta quinta-feira pelas equipes que fazem buscas na região, informou a Procuradoria de Marselha. Essa unidade contém os registros técnicos do voo entre Barcelona (Espanha) e Dusseldorf (Alemanha).

Equipe de buscas procura a segunda caixa-preta do acidente do Airbus A320 Germanwings%2C nos Alpes francesesEFE

Segundo o procurador Christoph Kumba, ainda não há informações sobre o estado da caixa-preta e se os dados dela poderão ser recuperados.

A primeira peça, encontrada no primeiro dia de buscas, gravou as conversas entre o piloto, Patrick Sondenheimer, e o copiloto, Andreas Lubitz. Nela, foram reveladas que as ações tomadas por Lubitz derrubaram "de maneira deliberada" o avião nos Alpes Franceses.

LEIA MAIS:

Copiloto fez buscas por suicídio dias antes da tragédia nos Alpes franceses

Avião cai com 150 pessoas a bordo em região do Sul da França

Copiloto foi tratado por tendências suicidas durante anos, diz promotoria

Responsável francês por investigação não descarta falha mecânica no Airbus

Agora, com as informações da segunda unidade, será possível verificar se houve algum problema técnico — hipótese ainda não descartada pelos investigadores.

A procura pela segunda caixa-preta era o último trabalho das equipes de busca no local do acidente. A retirada dos restos mortais dos passageiros do voo foi encerrada na última terça-feira, depois que todos os restos foram recuperados. O voo da Germanwings caiu no dia 24 de março, matando 150 pessoas a bordo.

Com informações do iG

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia