Corpo é achado dentro de mala que estava há um mês em estação de trem

Corpo é de uma mulher que teria entre 70 e 90 anos, ainda sem identificação, e não havia nenhum odor, disse funcionário

Por victor.duarte

Japão - A polícia do Japão encontrou o corpo em decomposição de uma mulher dentro de uma mala que alguém deixou há um mês em uma bilheteria da estação de Tóquio, informou nesta segunda-feira o jornal Japan Times. Um funcionário da empresa encontrou a mala de cor amarela e informou aos agentes da Polícia neste domingo, após comprovar seu conteúdo. Não houve odores ou qualquer outro sinal, afirmou Junichi Omoto, um porta-voz da empresa trem regional JR East. "Ficamos surpresos e horrorizados", disse ele.

Corpo é encontrado dentro de mala que estava há um mês em estação de trem em Tóquio%2C no JapãoReprodução / Kyodo

O corpo é de uma mulher que teria entre 70 e 90 anos, ainda sem identificação, detalhou a agência japonesa de notícias "Kyodo" citando a polícia. A mala permaneceu no escritório da estação de Tóquio durante um mês, o período estabelecido para as reivindicações, após ser achada na manhã do dia 26 de abril, segundo declarações do funcionário colhidas pelos agentes.

No domingo, uma vez vencido o prazo de reivindicação, o funcionário abriu a mala e encontrou o corpo vestido de uma mulher de cerca de 1,40 metro de altura. O corpo foi pregado para introduzi-lo na maleta, mas não apresentava ferimentos externos significativos, segundo as autoridades. A Polícia isolou a área na busca de evidências legistas e está examinando as câmeras de segurança na busca de provas sobre a pessoa que abandonou o corpo.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia