Cientistas descobrem rato que faz até 14 horas de 'orgia' e depois morre

Pesquisador comparou o incomum hábito de acasalamento da nova espécie à popular série 'Game of Thrones'

Por karilayn.areias

Austrália - Pesquisadores australianos decobriram duas novas espécies de rato-marsupial-australiano que possuem um hábito incomum. Os machos dessa espécie acasalam diversas vezes por até 14 horas e depois morrem.

Em entrevista a BBC Australia, o cientista Andrew Baker comparou o fato inusitado à popular série "Game of Thrones". "Há orgias de violência e sexo e, com os ratos-marsupiais-australianos, isso acontece todo ano", disse ele. 

Espécie de rato australiano faz até 14 horas de 'orgia' e depois morreReprodução Internet

Ainda de acordo com o pesquisador, o animalzinho falece após algumas semanas de cópula com várias parceiras, gerando o aumento considerável de hormônios ligados ao estresse e provocando a falência imunológica desse tipo de animal. "Eles sangram internamente, eles têm úlceras, os pelos caem, às vezes em ficam cegos e ainda assim continuam tentando acasalar", explicou Baker.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia