Pais fumantes perdem guarda de filho de 2 anos por causa de fumaça na casa

Inspetora de saúde envolvida no caso disse à corte que havia tanta fumaça na casa que ela teve dificuldades para respirar

Por victor.duarte

Inglaterra - Um menino de 2 anos será colocado para adoção na Inglaterra após uma juíza avaliar que a casa onde ele vive com os pais, fumantes, representa uma ameaça ao seu bem estar. A inspetora de saúde envolvida no caso, Julie Allen, disse à corte da cidade de Hull, no noroeste inglês, que havia tanta fumaça na residência que ela teve dificuldades para respirar quando estava lá dentro.

O consumo de cigarros no Brasil é maior na faixa etária entre 45 e 54 anos (13%2C2%) e menor entre jovens com idade entre 18 e 24 anos (7%2C8%)%2C mostra VigitelMarcelo Camargo/Agência Brasil

Segundo Allen, ela nunca tinha visto uma casa tão "enfumaçada" em sua vida. Ainda foi encontrado muito lixo, entre o qual havia vários maços de cigarros vazios, no chão do local.

O menino tem problemas respiratórios e teve o uso de um inalador prescrito por um médico. Segundo assistentes sociais, sua roupas e brinquedos "fediam" a fumaça. A juíza Louise Pemberton decidiu pela adoção após ouvir o relato da inspetora de saúde. "Ao entrar na sala de estar, Allen disse ter sido possível ver uma nuvem de fumaça em torno do pai e de seu filho", disse a juíza.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia