Vídeo mostra menino do Estado Islâmico executando prisioneiros

Criança ignora apelos e atira friamente. Líder do grupo mandou mensagem para o mundo: 'Estamos chegando'

Por clarissa.sardenberg

Iraque - Um novo vídeo do Estado islâmico circula nas redes sociais mostrando um menino de não mais de 12 anos, executando friamente prisioneiros às margens do rio Tigre, no Iraque. O menino atira na cabeça de ao menos dois homens, que imploram por suas vidas. As imagens são de um assassinato em massa cometido pelo grupo no final de 2014 em Tikrit e liberadas no último sábado, de acordo com o Daily Mail.

Menino carrasco do EI ignora apelos de prisioneiros e atira friamente na cabeça de ao menos dois deles Reprodução Internet

O vídeo completo mostra mais de 20 minutos de execuções. A atrocidade que deixou cerca de 1.700 mortos acaba em um rio de sangue. 

"Eu mando essa mensagem para o mundo inteiro, principalmente aos Rafhida (aqueles que rejeitam, em tradução livre): Nós estamos chegando", diz um líder, não identificado, em uniforme militar no vídeo.

Imagens de satélite revelaram na última semana que os assassinatos foram tantos que as covas das vítimas foram localizadas do espaço. O vídeo foi publicado em "fóruns jihadistas" na Internet.

As imagens foram divulgadas quatro dias depois da corte de Bagdá sentenciar 24 homens à morte por enforcarem prisioneiros durante este episódio. Cerca de 600 corpos foram exumados pelo governo local.


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia