Professora condenada por sexo com alunos pode ter condicional em 2017

Brianne Altice foi sentenciada a passar 30 anos presa. Ela se envolveu com adolescentes de 16 e 17 anos

Por clarissa.sardenberg

Estados Unidos - A ex-professora que foi condenada a 30 anos de prisão por fazer sexo com três estudantes de ensino médio em Utah, nos Estados Unidos, vai ter a primeira chance de liberdade condicional em janeiro de 2017, segundo o "Salt Lake Tribune".

Professora Brianne Altice fez sexo com menores Divulgação

Brianne Altice, de 36 anos, manteve relações sexuais com um adolescente de 16 anos e outros dois de 17 na época em que lecionava inglês na Davis High School, em Salt Lake City.

Brianne foi demitida da Davis High School em fevereiro deste ano e se separou do marido.

Após confessar o envolvimento sexual, que durou oito meses, com os adolescentes em 2013, ela foi condenada no início deste mês.

Recém-divorciada, Brianne declarou que "errou feio durante um período vulnerável de sua vida".

Ela foi duramente criticada pelos promotores e juiz do caso por ter não apenas "se aproveitado" da situação, mas encorajado o comportamento dos adolescentes e a atenção que lhe davam, o que culminou em encontros e sexo.

A mãe de um dos adolescentes disse durante o julgamento que o filho sofreu danos psicológicos por causa do comportamento da então professora. "Posso dizer, inequivocamente, que esses meninos são vítimas", declarou na época.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia