Meninas são mais espertas que garotos já aos 2 anos

Pesquisa avaliou desembaraço de alunas em tarefas cotidianas dentro de escola

Por felipe.martins , felipe.martins

Rio - Não é só na puberdade que as meninas ‘ganham’ dos meninos: aos dois anos e meio de idade, elas já são mais preparadas do que eles para realizar diversas atividades, como comer ou se vestir sozinhas. Para chegar a essa conclusão, pesquisadores da Universidade de Stavanger, na Noruega, analisam um dia na escola de 1.000 crianças, com idades entre 30 e 33 meses. As garotas ficaram na frente em todas as áreas avaliadas, que incluíam também participação em brincadeiras, ajudar crianças menores e mudar de atividade.

Pesquisas anteriores já haviam demonstrado a dianteira das garotas em relação à fala e às habilidades sociais, mas essa foi a primeira vez em que atividades do cotidiano foram estudadas. O estudo mostrou que 21,3% das meninas sabiam dizer quando precisam ir ao banheiro e não tiravam mais sonecas de tarde, contra 7,5% dos garotos. Além disso, 67,8% delas não usavam um penico ou o vaso sanitário, comparado a 42,1% deles.

Garotas criam mais cedo autonomia para ir ao banheiro%2C por exemploIstock

“Nós esperávamos encontrar diferenças, mas ficamos surpresos com o tamanho delas”, comentou Aud Toril Meland, um dos autores. A psicóloga Andreia Calçada acredita que uma das razões é que a mães costumam estimular mais a independência das filhas. “Muitas protegem mais os filhos homens e fazem mais coisas para eles”, destaca. Por trás disso, estaria a ideia de que as mulheres deveriam ser responsáveis pelos trabalhos domésticos. “Reproduzem esse modelo sem se dar conta”, revela.


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia