Johnny Depp ajuda a descobrir homem que filmava atrizes em banheiros

Entre elas, estariam a mulher do ator, Amber Heard, Penélope Cruz, Scarlett Johansson e a uma 'Bond girl'

Por clarissa.sardenberg

Estados Unidos - O astro Johnny Depp começou a investigar por conta própria um diretor assistente com quem trabalhou em "Piratas do Caribe" após suspeitar de comportamentento inapropriado com atrizes no set. Segundo o "Daily Mail", nesta sexta-feira, Kevin Thomas Roy, de 38 anos, foi demitido do filme "Insurgente", com Shailene Woodley, após descobrirem que ele instalou câmeras escondidas nos banheiros e trailers de diversas atrizes.

Johnny Depp trabalhou com diretor assistente em 'Piratas do Caribe'%2C entre outrosReprodução Internet

A mulher de Roy colaborou e entregou evidências que encontrou em casa à polícia norte-americana. Roy foi preso e vai passar três anos em condicional, além de ser obrigado a frequentar um programa para agressores sexuais.

Entre as atrizes que Roy filmou, estariam a mulher de Depp, Amber Heard, Penélope Cruz, Scarlett Johansson e a "Bon girl" Olga Kurylenko.

Johnny Depp começou a desconfiar do diretor assistente em 2010 e pediu que seus seguranças "ficassem de olho" nele. A equipe do ator começou a investigá-lo, mas descobriu que sua ficha criminal era limpa e Depp foi obrigado a deixar o caso de lado.

Boatos começaram a correr a respeito de Roy, que era encarregado dos trailers, banheiros e áreas de troca de figurino da equipe e elenco.

A polícia entrou em ação e descobriu que o homem era um "colecionador e produtor de material voyer". Roy gravou mais de 40 vídeos e tirou 400 fotos de mulheres sem autorização.

Foi descoberto que ele gravou imagens de modelos trocando de roupas em uma propaganda da Maserati. O material foi entregue à polícia pela ex-mulher de Roy, Michelle Schrauwers, que se divorciou dele logo após as descobertas. Ele negou a acusação, mas acabou tendo que cumprir pena. 



Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia