Por felipe.martins

Estados Unidos - Um homem transexual revelou surpresa ao descobrir gravidez quase dez anos depois de começar a transição de sexo. O americano Kayden Coleman, de 29 anos, sentia dores nas costas e um dia pediu a seu então namorado Elijah, para fazer uma massagem. “Parecia que havia um travesseiro sob o meu estômago, mas não havia nenhum travesseiro", disse Kayden. Em seguida, ele brincou dizendo que eles deveriam fazer um teste de gravidez. Eles fizeram e deu positivo. 

"Mesmo quando eu a segurei pela primeira vez%2C eu não sentia que era minha"%2C diz KaydenReprodução Facebook

Kayden revela que, na época em que engravidou, ele tinha parado com os hormônios masculinos por indicação médica pois se preparava para passar por uma mastectomia (remoção total da mama). “Para fazer a mastectomia você tem que para com os hormônios durante seis semanas", explicou Kayden.

Um médico confirmou a notícia da gravidez e ele fez tudo que podia para se preparar para a chegada do bebê, obter o seu apartamento e se casar. Kayden também foi obrigado a se assumir para aqueles que ainda não sabiam que ele era transgênero, incluindo a família de Elijah. "Foi uma coisa tão pessoal que eu sentia se Kayden queria que eles soubessem, ele mesmo deveria contar ", disse Elijah.

Pouco tempo depois, Kayden e o Elijah receberam a filha Azaelia.

Kayden havia parado com os hormônios masculinos pois se preparava para passar por uma mastectomiaReprodução Facebook

"Mesmo quando a segurei pela primeira vez, não sentia que era minha. Mas sabia que as coisas nunca mais seriam iguais. Fiquei muito feliz por finalmente ver o seu rosto", completou Kayden.

Depressão pós-parto

As coisas foram um pouco difíceis depois disso, com a depressão pós-parto de Kayden e comentários maldosos da família de Elijah.  Superada essa fase, Kayden documenta sua vida familiar em vídeos na internet com sua filha, que já tem quase dois anos de idade. "Nós somos mais do que capazes de amar nossos filhos como qualquer outro pai. Ela não será mais ou menos confusa ou sofrer mais bullying por um dos pais ser trans do que qualquer outra criança", acredita.



Você pode gostar